Prova do PSS será em 20 dezembro | Jornal Plural
3 dez 2020 - 17h49

Prova do PSS será em 20 dezembro

Pressionado a suspender teste presencial por risco de Covid, governo apenas prorroga o exame por uma semana

Depois de processo judicial, recomendação administrativa, ocupação da Assembleia Legislativa e greve de fome no Palácio Iguaçu pedindo a suspensão da prova presencial para o Processo Seletivo Simplificado (PSS), o governo do Paraná decidiu mexer no planejamento do teste. Mas não foi para suspensão, conforme solicitado, mas sim para a prorrogação da data do exame, transferido para uma semana depois. A eleição para diretores está mantida para 9 de dezembro.

A prova do PSS, inicialmente marcada para 13 de dezembro, será realizada em 20 de dezembro. Ela pretende selecionar professores temporários para a Rede Estadual de Ensino e é motivo de protesto entre educadores. O risco de contaminação entre os 47 mil candidatos levou também o Ministério Público (MPPR) e os deputados estaduais a intervirem, inclusive judicialmente, pela suspensão da prevista aglomeração.

Segundo a Secretaria estadual de Educação (Seed), a mudança para o outro domingo seria “parte das medidas para conter a circulação do novo coronavírus no Paraná”.

A segurança dos professores, no entanto, não pode ser garantida pelas 32 cidades que devem receber os candidatos. Conforme mostrou o Plural, muitas delas já anunciaram que não têm condições sanitárias para receber tanta gente, visto o crescente número de casos e mortes por Covid-19.

O impasse corre na Justiça, por meio de um processo do deputado estadual Requião Filho (MDB) e também por uma recomendação administrativa, enviada ontem pelo MPPR para a Seed. Ainda assim, a prova está mantida. “A lista final dos candidatos com inscrição deferida e os locais de prova serão divulgados em breve”, anunciou o governo em seu site, garantindo que “serão tomadas todas as medidas de segurança e de higiene para a realização da prova”.

“Os locais de teste serão higienizados previamente e terão álcool gel à disposição. Será obrigatório o uso de máscara e medição de temperatura na entrada. Os candidatos também vão receber orientações para o distanciamento social na chegada e as carteiras terão espaçamento mínimo de 1,5 metro. O processo seletivo está aberto a todos os profissionais, inclusive aos candidatos do grupo de risco”, esclarece o texto.

A respeito da eleição para diretores de escolas estaduais, que prevê uma consulta pública presencial nas mesmas 32 cidades do PSS, a Seed informa que a data de 9 de dezembro está mantida.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

3 comentários sobre “Prova do PSS será em 20 dezembro

  1. Que absurdo, os contágios explodindo, e a SEED submetendo professores e toda a comunidade escolar a um risco desses! Claro, poderia ser evitado com o “uso da razão, bom senso e respeito ao próximo”, mas talvez seja essa parte da recomendação que não entenderam o que significa!

  2. Caramba, professor não significa nada mesmo para o governo 🙁
    O Paraná tendo até que estabelecer toque de recolher e a SEED acha que adiar a prova por 7 dias já resolve!

  3. Absurdo a falta de respeito com os professores e todos os demais inscritos no concurso. Que falta de coerência, bom senso e respeito à vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias