UFPR deve manter vestibular, apesar de falta de verbas | Plural
11 set 2019 - 9h40

UFPR deve manter vestibular, apesar de falta de verbas

A primeira fase do vestibular da UFPR, o mais concorrido do Paraná, está marcada para 27 de outubro

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) não dá nenhum sinal de que vá seguir a recomendação de assembleia realizada pelo sindicato de professores, que sugeriu nesta terça-feira a suspensão do vestibular da instituição. Embora não tenha se pronunciado oficialmente sobre o assunto, o Plural apurou que a Reitoria pretende manter o calendário exatamente como previsto.

Leia mais: Professores sugerem suspensão do vestibular da UFPR

A sugestão de suspender o concurso para entrada de novos alunos em 2020 foi aprovada pela assembleia da APUFPR, como crítica ao programa do governo federal para as universidades, o Future-se, e em função da falta de verbas. A UFPR, assim como as demais federais, teve 30% das verbas de custeio bloqueadas pelo MEC de Jair Bolsonaro (PSL).

Embora alguns dos membros da direção da APUFPR sejam ligados ao reitor Ricardo Marcelo Fonseca, aparentemente a decisão da assembleia vai na direção oposta do que a Reitoria vem tentando fazer. Embora admita a falta de recursos, Ricardo Marcelo tem tentado um caminho de mediação, sem medidas mais radicais.

A UFPR praticamente esgotou seus recursos neste mês, depois de pagar os compromissos de agosto/setembro (luz, água, contratos com terceirizados, telefone etc). No entanto, a universidade ainda acredita que haverá desbloqueio de recursos neste mês, o que permitiria a continuidade das aulas e das atividades.

Inscrições

A primeira fase do vestibular da UFPR, o mais concorrido do Paraná, está marcada para 27 de outubro. As inscrições se encerraram nesta terça (dia 10).

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você entra na nossa lojinha, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Últimas Notícias