Região Metropolitana tem 129 óbitos e 3.102 casos de Covid-19 | Jornal Plural
Clube Kotter
15 jun 2020 - 18h00

Região Metropolitana tem 129 óbitos e 3.102 casos de Covid-19

Número de confirmações e falecimentos cresce 5% ao dia. São José dos Pinhais e Piraquara têm a maior taxa de mortalidade

Os 29 municípios da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) chegaram a 3.102 casos de Covid-19 confirmados e 129 óbitos segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Vinte e seis municípios têm casos registrados e 16 já tiveram óbitos.

Nos últimos trinta dias, a região viu o número de casos triplicar, e o de óbitos duplicar. A incidência de casos na Região saltou de 23,9 para 85,6 casos para cada 100.000 habitantes.

O maior número de óbitos da Região está em Curitiba, mas São José dos Pinhais e Piraquara têm taxa de mortalidade maior (5,7% e 6,11% respectivamente, enquanto a Capital tem 4,5%). Ao todo, nove municípios têm maior taxa de mortalidade e dez têm maior incidência de casos por cem mil habitantes do que Curitiba.

A situação na Região Metropolitana tem impacto no Sistema de Saúde de Curitiba, uma vez que 61,5% de todos os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 41,3% dos leitos de UTI do SUS estão na Capital.

Questionada sobre o assunto, a secretária de Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, informou que a situação da RMC “pesa”, mas que as decisões, como a de decretar alerta laranja e voltar a fechar algumas atividades na cidade, são tomadas com base só nos dados da Capital.

Dados de 2018 apresentados pela Prefeitura à Câmara Municipal indicam que, naquele período, quase 40% dos internamentos realizados em Curitiba são de não residentes na cidade, 24% são moradores da RMC.

Leitos de UTI

A Sesa não divulga o índice de ocupação de leitos de UTI por Região Metropolitana. Mas na Macrorregião Leste, da qual a RMC faz parte, o índice chegou a 62% nos leitos adulto exclusivos para covid-19. Em Curitiba, como o Plural informou, a ocupação chegou a 72% no sábado, quando a Prefeitura decretou alerta laranja.

No caso de UTIs do SUS, o maior número de unidades da Região está em Campo Largo, principalmente no Hospital do Rocio, que tem 186 leitos adulto SUS e 25 pediátricos. Outros 57 leitos adulto e 10 pediátricos estão no Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul.

No total, são 652 leitos de UTI SUS na Região, dos quais 405 estão ocupados. Na rede privada há outras 601 unidades. Os hospitais particulares, no entanto, não informam o índice de ocupação de suas instalações.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias