Ocupação de UTIs cai para 69% em Curitiba | Jornal Plural
Clube Kotter
19 jun 2020 - 1h28

Ocupação de UTIs cai para 69% em Curitiba

Houve redução na ocupação tanto nas UTIs gerais quanto UTI exclusivas para covid-19

194 leitos de UTI extras foram criados em Curitiba

Apesar do ritmo crescente de confirmações de novos casos de covid-19 em Curitiba, o índice de ocupação geral das UTIs SUS da cidade baixou de 83% para 69%. A razão para isto é uma redução na ocupação tanto das UTIs gerais quanto das exclusivas para o coronavírus e a ativação de novas vagas nas unidades exclusivas covid-19.

Com isso Curitiba tem, no momento, 62% das 211 UTIs Adulto e das 48 leitos pediátricos de uso geral ocupados. E 170 dos 227 leitos exclusivos para covid-19 (75%) em uso.

Além dessas 486 vagas de UTI Adulto e pediátricas, Curitiba tem também, no SUS, mais 61 UTIs Neonatal tipo II e III, 54 leitos de cuidados intermediários neonatal, 17 de cuidados intermediários adulto, 4 UTI para Queimados e 58 Unidades de isolamento. Isso representa um total de 680 leitos públicos.

Na rede privada há mais 218 UTIs adulto, 23 UTIs pediátricas, 61 unidades Neonatal, uma UTI Queimados, 11 Unidades de Isolamento, 5 de cuidados intermediários Neonatal e 79 de cuidados intermediários adulto. Na rede privada o total de leitos é de 441.

Somando a rede de atendimento SUS mais a privada a cidade tem 1121 leitos, segundo dados de maio do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), do Sistema Único de Saúde.

Não há, no entanto, informações sobre a ocupação dos leitos privados porque os planos de saúde e hospital particulares se recusam a informar esse dado.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias