19 jun 2020 - 12h58

Copel distribui R$ 643 milhões em lucro para acionistas

Apesar da crise, resultado foi 69% maior do que no mesmo período no ano passado

Apesar do período de crise na pandemia do coronavírus, os acionistas da Copel Paranaense de Energia (Copel), uma das principais estatais do Paraná, não parecem ter sido afetados pelo momento, os resultados obtidos pela empresa mostram isso. O conselho da Copel informou, na quarta-feira (17), que distribuirá um total de R$ 643 milhões em lucros. O pagamento ocorre na forma de crédito em conta corrente bancária e será em duas parcelas.

Essa operação é batizada de Juros sobre o Capital Próprio (JCP) e é uma forma de distribuir lucros, mas beneficiando a empresa. Esse provento (vantagem) é considerado como uma despesa financeira, contribuindo para reduzir a base tributária da companhia, que paga menos impostos. Os acionistas são tributados a um valor de 15% na alíquota.

No ano passado, a estatal distribuiu o montante de R$ 378 milhões, dos quais R$ 280 milhões a título de juros sobre capital próprio, e pouco mais de R$ 98 milhões de dividendos. Com isso, o aumento dos lucros da Copel nesse ano é de 69%.

A empresa também teve um aumento de lucro líquido, no primeiro trimestre de 2020, o valor foi R$ 594 milhões, maior em relação ao ano passado, que era de R$ 506 milhões.

Segundo a Copel, os repasses começam em junho, mas o valor já está decidido desde o mês de abril. O Governo do Paraná é o maior acionista da companhia. Apesar de ter 31% de todas as ações, não recebe necessariamente a maior parcela, já que existem regras diferenciadas para cada tipo de participação.

De acordo com o documento que orienta a distribuição dos juros sobre capital próprio da Copel, o Governo só tem ações ordinárias e tem 58% das ações desse tipo. Cada acionista recebe um valor aproximado de apenas R$ 2,24 por ação. Aqueles que têm as ações preferenciais tipo “A” serão os acionistas com maior valor unitário, o preço está em 3,94 por ação. No caso também há as ações “B”, que estão avaliadas em 2,46%. Atualmente, a Copel tem 273,6 milhões de ações sem valor nominal.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

É falso vídeo que tenta ligar filho de Lula a Petrobras e a aumento de combustíveis

Diferentemente do afirmado em vídeo, o preço do barril de petróleo não é manipulado por uma empresa internacional que investe na Petrobras. O preço varia, na verdade, com a oferta e demanda do produto no mundo. Além disso, nenhum filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é sócio de empresa investidora da companhia e o presidente Jair Bolsonaro (PL) não instaurou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os acionistas da petroleira. O conteúdo é falso

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds