Copel Telecom vai a leilão dia 9 de novembro por R$ 1,4 Bi | Jornal Plural
16 set 2020 - 19h31

Copel Telecom vai a leilão dia 9 de novembro por R$ 1,4 Bi

Edital foi aprovado pelo Conselho de Administração da Copel neste dia 16 de setembro

Foi aprovado neste dia 16 de setembro o edital de venda da Copel Telecom. A empresa, que é parte do Grupo Copel, será leiloada no dia 9 de novembro de 2020 por R$ 1.401.090.300,00. Será a primeira venda de empresa estatal desde o Banestado, em 2000.

O edital tem publicação prevista para o dia 21 de setembro. O leilão de venda deve ocorrer 49 dias após a publicação. Essas datas, no entanto, ainda podem sofrer alterações.

Quem comprar a estatal terá a posse de toda a rede de fibra ótica da empresa, que é a maior do estado, e direito de uso do backbone da BrasilTelecom. Por decisão da Copel, todos os funcionários da empresa serão realocados para as outras empresas do grupo.

A compradora poderá adquirir um serviço de gestão e operação realizado pelos funcionários da Copel durante seis ou doze meses após a aquisição.

A Copel Telecom é a maior empresa de internet por fibra ótica do Paraná e uma das melhores do país em desempenho de conexão. A rede de fibras óticas da companhia chega virtualmente a todos os municípios do estado e atende as escolas da rede estadual de ensino.

A venda, que foi aprovada no fim de 2019, já foi autorizada pelo Conselho de Administração de Defesa Econômica (CADE). Atualmente a Copel Telecom atende 10% do mercado de banda larga do Paraná e 16,6% do mercado de internet por fibra ótica.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

4 comentários sobre “Copel Telecom vai a leilão dia 9 de novembro por R$ 1,4 Bi

  1. O Ratinho não quis nem saber se a Copel Telecom é fundamental no desenvolvimento das pequenas cidades, de escolas e repartições públicas, etc etc… Já foi logo querendo colocar as mãos em uma empresa lucrativa.
    Enquanto isso, o serviço vai começar a ficar cada vez pior… Uma pena.

  2. A Copel vai a leilão…que lástima e sabemos que o serviço oferecido pode piorar muitolevando-se em consideração a porcaria do atendimento entregue pelas operadoras de telefonia atualmente.
    Mas o que nós – meros pagadores de impostos deveríamos saber – é o que será feito com o dinheiro arrecadado com a venda da estatal. E deveríamos saber também como esta a situação financeira atual da Copel, o quanto ela custa para o estado, e se é deficitária qual o panorama deste rombo. Entre outras tantas perguntas que deveriamos fazer diante de um leilão tão sério para o patrimônio do estado e que a imprensa deveria estar fazendo…..mas a grande tristeza é ter uma imprensa minúscula que apenas publica e comenta
    – superficialmente, é claro – releases oficiais.
    (o cadáver insepulto do grande jornal do paraná publicou notinha…o Plural pelo menos teve a decência de abrir página) Mas ainda dá tempo antes do leilão….para uma última matéria sobre os últimos dias Companhia Paranaense de Energia. Eu espero…

    1. Oi Lucas, estamos trabalhando nesta cobertura. Publicamos há alguns dias um levantamento dos investimentos da Copel Telecom. O link está na matéria do leilão, se você quiser conferir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias