Ratinho Jr. faz a feira na eleição e fica mais forte para 2022 | Jornal Plural
Clube Kotter
16 nov 2020 - 19h21

Ratinho Jr. faz a feira na eleição e fica mais forte para 2022

Ratinho elegeu prefeitos em quase todas as maiores cidades do Paraná

O eleitor foi às urnas escolher prefeitos e prefeitas. Mas, sabendo ou não disso, estava dando um passo decisivo na eleição de 2022, quando estará em jogo o governo do estado. E embora o cidadão comum possa não ter percebido, o governador Ratinho Jr (PSD), que joga todas as suas fichas em uma reeleição tranquila, saiu como o grande vencedor deste domingo.

Articulando a formação de chapas, eliminando candidaturas que pudessem ser pouco interessantes, Ratinho deu as cartas nos bastidores. Em nenhum outro lugar isso ficou mais visível do que em Curitiba, onde o governador escolheu Rafael Greca (DEM) para a reeleição e tirou todos os obstáculos do seu caminho – por vezes sem muita preocupação com sutileza.

O resultado foi impressionante. O partido de Ratinho, o PSD, fez 121 prefeituras no interior – mais de 30% dos 399 municípios serão governados por correligionários seus. Mas não é só: na grande parte das outras prefeituras, Ratinho também elegeu aliados do PSC (praticamente seu segundo partido) e de outras legendas amigas. Está tudo dominado.

Cidades grandes

O domínio fica claro nos maiores municípios do Paraná. Só em Londrina, das dez cidades com mais eleitores, Ratinho realmente perdeu (Marcelo Belinati conseguiu a reeleição). Em Ponta Grossa, a candidata do PSD, Professora Elizabeth, disputa o segundo turno com Mabel Canto (PSC). E em Paranaguá, o candidato de Ratinho, Marcelo Roque (PODE), foi o mais votado, mas ainda está subjudice. De resto, só vitórias.

Na Região Metropolitana de Curitiba, a candidata Nina Singer (Cidadania), em São José dos Pinhais, foi eleita como a nova prefeita da cidade com 30% dos votos. Ela fez parte da coligação Vamos Juntos, com o apoio do Patriota, PROS, PSB e do PSD de Ratinho. Em Colombo, Helder Lazarotto (PSD) foi eleito com 43% dos votos.

Leonaldo Paranhos (PSC), ex-deputado estadual do grupo de Ratinho, venceu a eleição em Cascavel com 71% dos votos e exercerá seu segundo mandato como prefeito.

Em Maringá, o apoio de Ratinho Jr. foi mais direto: chegou a sair em carreatas com o prefeito Ulisses Maia (PSD), candidato à reeleição. Neste domingo (15), o resultado veio com a vitória em primeiro turno, com 56% dos votos.

Foz do Iguaçu foi outra cidade em que o candidato do partido de Ratinho Jr., Chico Brasileiro (PSD) levou a prefeitura, com 41% dos votos. Em Guarapuava, outra vitória para Ratinho Jr, com Celso Góes (Cidadania) eleito como prefeito com 33% dos votos.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias