Dono do Barigui doa para Greca (e quer ampliar shopping) | Jornal Plural
3 nov 2020 - 19h55

Dono do Barigui doa para Greca (e quer ampliar shopping)

Shopping terá obras de expansão e precisa de aval para desmatar área; prefeito nega lobby

Dono do Park Shopping Barigui, o empresário José Isaac Peres é um dos maiores doadores nas campanhas do prefeito Rafael Greca (DEM) e do líder da Prefeitura na Câmara Municipal de Curitiba (CMC), vereador Pier Petruzzielo (PTB). As doações feitas somam a quantia de R$ 120 mil.

Além do Barigui, José Isaac também é responsável pela coordenação de 18 shoppings de alto padrão, em seis estados brasileiros. Apesar da crise causada pela pandemia, os negócios têm ido bem na Multiplan. Em Curitiba, o Shopping Barigui vai passar pela sua terceira e maior expansão a partir do ano que vem. A obra deve custar cerca de R$ 250 milhões.

A expansão do shopping foi oficializada em dezembro de 2019 e o anúncio oficial foi feito em um evento promovido pela própria Multiplan, que reuniu autoridades como Rafael Greca e Pier Petruzzielo. Quase um ano depois, quando os dois concorrem a reeleição, José Isaac Peres fez doações de R$ 80 mil e R$ 40 mil para as campanhas de Greca e Pier, respectivamente. Ele é o terceiro maior doador para a campanha do prefeito e o segundo maior na campanha do vereador.

A expansão do Shopping Barigui visa aumentar o número de lojas, além de ampliar a Área de Construção e a Área Bruta Locável (interna) da unidade. A previsão é que as obras sejam inauguradas em maio de 2021. No entanto, o Plural apurou que, para haver a expansão, seria necessário desmatar uma área protegida nas proximidades do shopping.

Questionada pelo Plural, a assessoria do shopping afirmou que não há qualquer impasse para execução das obras. Em resposta, destacou que a expansão do Park Shopping Barigui continua prevista para começar no ano que vem.

Contrapartida

O Plural questionou a assessoria de Rafael Greca sobre a relação do prefeito com o empresário José Isaac Peres. Além disso, também perguntou se a doação de R$ 80 mil para a campanha de Greca foi uma contrapartida para viabilizar a expansão do Shopping Barigui.

Em resposta, a assessoria do prefeito afirmou que o próprio dono da Multiplan é quem deveria ser questionado sobre a doação. No entanto, negou que a contribuição do empresário fosse uma contrapartida por conta das obras no shopping.

A comunicação do prefeito ressaltou que não há qualquer proximidade entre Greca e José Isaac. Por fim, destacou que “a autorização para as obras de expansão do shopping seguirá o rito legal de qualquer outra obra na cidade”.

Pier Petruzzielo recebeu os mesmos questionamentos e também negou que a doação fosse uma contrapartida pelas reformas no Shopping Barigui. Segundo o vereador, as obras seguem o rito normal e estão dentro das normas da Prefeitura de Curitiba. O líder do prefeito também reforçou que não tem qualquer ligação com o dono do Shopping Barigui. “Eu o vi uma vez!”, disse Pier.

O Plural procurou a Multiplan para comentar sobre as doações. Em resposta, a empresa informou que não vai comentar o assunto.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

3 comentários sobre “Dono do Barigui doa para Greca (e quer ampliar shopping)

  1. Galindo, poderia ao menos divulgar o histórico de doações dos outros candidatos a prefeito de Curitiba. Assim como os vínculos do Greca com esses empresários iremos encontrar o vínculo do Goura, nas doações de 2016 e 2018, com pessoas ligadas ao escritório que advogava e pilotava editais aos barões do transporte coletivo. É só olhar no Google sobre o Garrone Reck e Alex Reck (pai e irmão do Ivo Reck – Chefe de Gabinete do Goura), irá encontrar todo escândalo e inclusive delação premiada do outro irmão do Ivo Reck, o Sasha Reck (ex diretor geral da URBS da gestão do Fruet). O Garrone Reck, Alex Reck e Ivo Reck foram doadores nas campanhas de vereador e deputado do Goura, é só olhar no site do TSE sobre doadores em 2016 e 2018. Galindo, por favor, não passe pano, não seja seletivo !!!

  2. De acordo com o trecho “Em resposta a assessoria do prefeito afirmou que o próprio dono da Multiplan é quem deveria ser questionado sobre a doação”. Desculpe, mas como? Eu como cidadão e eleitor de Curitiba quero saber do prefeito da minha cidade o porquê da doação de uma pessoa com interesses que vão muito além de “ajudar na campanha” do sujeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias