Uma perspectiva da educação pós-pandemia

Com a fronteira da educação, entre os países, cada vez mais acessível por meio da internet, de projetos entre setor privado e governos e de instituições internacionais e governos, os ideais da Unesco se aproximam da concretude

Diogo Rodrigues

Fronteiras abertas para educação

Com a abertura de fronteiras, queda do câmbio, nas últimas semanas, e a flexibilização de entrada de alguns países, estudantes do mundo todo ficam cada vez mais confiantes em realizar o seu sonho de estudar fora

Diogo Rodrigues

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds