Paraná proíbe bebidas alcoólicas após 22h | Jornal Plural
19 jun 2020 - 16h27

Paraná proíbe bebidas alcoólicas após 22h

Decreto estadual, no entanto, não restringe funcionamento de bares ou outros estabelecimentos comerciais, mas define horários para evitar aglomerações

Pelos próximos 14 dias, nenhum estabelecimento no Paraná poderá vender bebidas alcoólicas a partir das 22h. O consumo também não será permitido em locais públicos. Ainda assim, bares podem continuar abertos, bem como, academias, shoppings e igrejas. O novo decreto do Ratinho Jr (PSD), publicado na tarde desta sexta-feira (19), visa combater aglomerações, porém, tem caráter apenas de orientação, já que não prevê multas para descumprimento. Em Curitiba e Região Metropolitana, comércios não poderão abrir nos fins de semana.

“Todos podem tocar suas vidas, mas com restrições”, disse o governador durante transmissão, ao vivo, pela TV Paraná. “O que estamos combatendo é a aglomeração, não a proibição da abertura destes estabelecimentos, mas se um Município entender que deve haver restrição maior, o governo do Estado vai respeitar.”

A restrição envolve a venda de bebidas alcoólicas a partir de 22h e proíbe o consumo em locais públicos, inclusive postos de gasolina. Com isso, lojas de conveniências, restaurantes, distribuidoras, supermercados, nenhum estabelecimento poderá vender.

Curitiba e RMC

Para tentar aliviar a superlotação no transporte coletivo, o governo também estabeleceu outro decreto específico para Curitiba e na Região Metropolitana (RMC). Nele, são definidos horários para o funcionamento do comércio, que será das 10h às 16h, nos 29 municípios da RMC, a partir do dia 22 de junho. Os shoppings poderão abrir somente das 12h às 20h. Todos devem funcionar apenas em dias úteis, ou seja, de segunda a sexta-feira. Supermercados não devem permitir a entrada de crianças com menos de 12 anos, já neste sábado (20).

Em caso de descumprimento, quem deve adotar os critérios de punição são os próprios Municípios. O governador disse apenas que a Secretaria Estadual de Segurança Pública irá auxiliar na fiscalização junto aos órgãos municipais, como Guarda Municipal e Vigilância Sanitária.

Treinos de futebol profissional também estão liberados, porém, ainda não há previsão para a retomada do campeonato estadual. Em Curitiba, a prática está proibida.

“Vamos analisar novamente o conjunto dos números na semana que vem e devemos implementar mais medidas, inclusive no Interior do Estado”, garantiu o secretário estadual de Saúde, Beto Preto. “Faremos uma análise mais profunda de todas as resoluções já emitidas pelo governo mas, nesse momento, as notas e resoluções já publicadas continuam valendo, desde que não haja divergências com decretos municipais.”

Covid-19

De acordo com o boletim epidemiológico desta sexta-feira (19), são 4.061 casos e 160 óbitos entre 27 municípios da Região Metropolitana de Curitiba – apenas em Tunas do Paraná e Doutor Ulysses não há casos. Já há mais de 150 diagnósticos positivos em Araucária, Colombo, Pinhais, Piraquara e São José dos Pinhais, além de 2.663 confirmados em Curitiba, que tem 99 óbitos pela covid-19.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias