6 dez 2021 - 8h30

Para que serve um sistema de gestão empresarial?

Essas ferramentas devem auxiliar desde o momento da venda ou da compra até o pagamento, o recebimento e a guarda de informações contábeis

Basicamente um sistema de gestão empresarial é um software que unifica informações e facilita o fluxo de trabalho entre as áreas da empresa.

Atualmente no mercado existem diversas ferramentas de gestão que se adaptam ao estágio da sua empresa seja ela pequena, média ou grande.

Essas ferramentas devem auxiliar desde o momento da venda ou da compra até o pagamento, o recebimento e a guarda de informações contábeis.

Existem ferramentas específicas para cada área de atuação como por exemplo gráficas, jurídico, medicina ocupacional, indústria… cada ferramenta é adaptada à realidade da atividade.

O importante em qualquer que seja o sistema escolhido é que seja um sistema que venha agregar as rotinas da empresa, garantam a guarda das informações com segurança e que ajude a gestão do negócio.

Um ERP deve diminuir o trabalho manual, deve trazer segurança de informações e a geração de informações através de relatórios que facilitam a tomada de decisão.

Algumas vezes os sistemas não preveem todas as etapas do negócio e nesse caso é importante buscar sistemas que possam integrar outros sistemas independentes.

Por incrível que pareça já trabalhei em grandes empresas que tinham um grande ERP que atendia o operacional da atividade da empresa, mas que não continha um sistema de vendas, nem um sistema de tesouraria. Nesse caso tínhamos sistemas que permitiam a integração de informação com o sistema utilizado.

Mas se o sistema de gestão não prevê uma gestão de vendas, essa gestão é mesmo importante?

Sim!

Ainda encontro clientes que não tem controle sobre as vendas.

É claro para todos a importância das vendas, mas ainda tem clientes que usam agendas para anotar suas visitas e não usam um CRM (Customer Relationship Management) para controle.

Um sistema de gestão de vendas deve funcionar como um funil de vendas, que nada mais é o processo de fechamento de um negócio, desde o momento da captação até a conversão final.

Esse sistema deve garantir o acompanhamento de um cliente desde o primeiro contato com os produtos ou serviços da sua empresa até o momento em que a venda é fechada.

Outro exemplo que eu preciso falar é sobre o financeiro.

É muito comum encontrar clientes que ainda usam planilhas eletrônicas para controlar suas contas. Um sistema financeiro deve permitir saber a movimentação financeira de sua empresa, toda entrada e saída de dinheiro.

O controle financeiro é importantíssimo para seu negócio. É através do controle financeiro que o empresário entende o real destino e entrada de seus recursos.

Explicando que o financeiro não deve atuar somente no pagamento e cobrança.

No caso de venda de produtos por exemplo o sistema deve garantir uma venda segura. Um bom sistema operacional deve ter o cadastro correto do cliente, prazos de pagamentos, formas de pagamentos e limite de crédito.

Em todas as etapas o sistema deve garantir relatórios de acompanhamento e análise, tanto de vendas, quanto financeiro, isso ajudam o controle e a tomada de decisões.

Esses são alguns exemplos da importância de um bom sistema operacional.

Seja lá qual for o seu negócio busque no mercado por bons sistemas e o utilizem com sabedoria.

Busque por sistemas seguros, com guarda de informações e backups, entenda o que está adquirindo, faça pesquisa de mercados, compare funcionalidades e entendam os módulos que está comprando.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Deixe um comentário

Últimas Notícias