UTFPR: corte de bolsas pode ter impacto de até R$ 2,2 mi/ano na pós | Plural
15 maio 2019 - 5h29

UTFPR: corte de bolsas pode ter impacto de até R$ 2,2 mi/ano na pós

O impacto do corte de recursos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) poderá ter impacto de até R$ 2,2 milhões por ano na concessão…

O impacto do corte de recursos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) poderá ter impacto de até R$ 2,2 milhões por ano na concessão de bolsas dos Programas de Mestrado e Doutorado da instituição. Uma avaliação interna feita pelas coordenações de Programas de Pós-Graduação com a Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação de Curitiba (DIRPPG) na última segunda-feira, dia 13, chegou a conclusão de que 10 dos 35 programas serão afetados.

Segundo a UTFPR, no momento 15 bolsas foram suspensas (cinco de doutorado e dez de mestrado). Mas há a expectativa de o corte chegue a 99 bolsas, 10 de doutorado e 89 de mestrado. Isso representa uma redução de 28% no número de bolsas disponíveis e uma perda de R$ 2,2 milhões em um ano.

Isso porque os reitores foram avisados no Fórum Nacional de Pró-reitores de Pesquisa e Pós-Graduação no último dia 9 de maio de que haverá um congelamento das bolsas a medida que elas fiquem vagas. A suspensão irá seguir o percentual de 30% em programas com nota 4 e 70% em cursos com nota 3.

Nessa situação, apenas quatro cursos da instituição com nota 5 nos últimos dois ciclos avaliativos não teriam cortes nesse momento.

Em comunicado aos estudantes, as coordenações de Pós-Graduação Stricto Sensu da UTFPR alertaram para outro impacto: a redução da verba que “financia atividades essenciais à manutenção da qualidade nas pesquisas realizadas nos Programas (PROAP/CAPES e repasse de recursos de custeio pela PROPPG), pois estas fontes de recursos estão atreladas ao quantitativo de bolsas”. O texto convida os alunos a divulgarem suas pesquisas.

 

 

Últimas Notícias