18 jan 2022 - 18h03

UFPR mantém retorno para dia 31, mas volta atrás e descarta regime presencial nas primeiras semanas

Calendário acadêmico permanece inalterado

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) decidiu nesta terça-feira (18) manter o início das aulas de 2022 para o próximo dia 31 de janeiro. Contudo, em meio a um novo pico de casos de Covid-19 associado a uma epidemia declarada de gripe no estado, as duas primeiras semanas de aula serão como todo o esquema do ano letivo anterior: de maneira remota. A decisão não vale para as atividades práticas.

Isso significa que o passaporte da vacina aprovado pelo Conselho Universitário na semana passada só vai estar valendo para quem tiver de cumprir expediente nos campi da instituição.

Em comunicado feito no fim da tarde desta terça, a UFPR informou que o calendário acadêmico permanece inalterado, apenas com aulas maneira remotas nas duas primeiras semanas. Além das aulas práticas, também serão reabertos no dia 31 restaurantes universitários em todas as cidades onde a UFPR possui campi. A medida é ara assegurar o atendimento aos estudantes.

“É uma medida necessária, mas circunstancial, que tomamos tendo como base o respeito à ciência e a proteção da vida de todos os integrantes da comunidade da UFPR”, salientou o reitor Ricardo Marcelo.

Dessa forma, o retorno às aulas presenciais está previsto para o dia 14 de fevereiro, embora os dados da pandemia sigam sendo acompanhados diariamente pelas duas comissões da UFPR que tratam do assunto.

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) criticou a deliberação, pois disse que a medida foi viabilizada sem consulta aos alunos. “Além disso, essa decisão foi contrária ao posicionamento estudantil, aprovado na maior assembleia de estudantes feita em 10 anos, que aprovou a manutenção do retorno 100% presencial”, pontuou em nota a entidade.

Não apenas Curitiba como todo o Paraná vive um novo momento de explosão de casos de Covid-19, consequência da circulação de uma nova e mais contagiante variante, a Ômicron, e ainda resultado das festas de fim de ano e das férias.

Boletim mais recento divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) mostra um crescimento de 920,3% de diagnósticos em média móvel, que comapra a média dos últimos sete dias com o registrado há 14 dias. Nas últimas 24h foram confirmados no Paraná 16.809 novas infecções por coronavírus. O total em 24h em 4 de janeiro havia sido 1.502.

No último domingo (16), a UFPR já havia decidido cancelar os serviços de transporte, ligados a Central de Transportes (CENTRAN), inclusive os ônibus Intercampi, como medida de proteção contra a Covid-19. Alguns motoristas do departamento testaram positivo para o coronavírus. O sistema de ônibus Intercampi também volta a partir de 31 de janeiro.

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Um comentário sobre “UFPR mantém retorno para dia 31, mas volta atrás e descarta regime presencial nas primeiras semanas

  1. Quando se trata da vida de alunos e professores, a reitoria exige comprovação vacinal e adia o retorno presencial. Enquanto isso, a saúde e a vida dos técnicos segue em segundo plano!! O administrativo retornou em novembro e já há surtos de covid (vide centran). A UFPR vai esperar a hospitalização ou a morte de quantos servidores técnicos até que algo seja feito pela categoria mais esquecida dessa universidade que se diz pró-vida??

Deixe um comentário

Últimas Notícias

Bolsonaro não concluiu 84% das obras da transposição do Rio São Francisco, como alega vídeo

É enganosa a afirmação de que Jair Bolsonaro (PL) entregou 84% das obras da Transposição do rio São Francisco. Apesar do presidente ter retomado 222 km que haviam sido retirados do projeto original por administração anterior, a execução da obra atravessou outras três gestões federais que, juntas, entregaram mais de 90% da infraestrutura do empreendimento, considerando a extensão inicial – de 477 km

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds