Sem leitos extras, Curitiba já teria déficit de 64 vagas em UTI | Jornal Plural
26 abr 2020 - 15h15

Sem leitos extras, Curitiba já teria déficit de 64 vagas em UTI

Índice de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva chegou a 68%

194 leitos de UTI extras foram criados em Curitiba

Os leitos de UTI adulto de Curitiba estão 68% ocupados, segundo cálculo do Plural feito com informações parciais da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A Secretaria não divulga o índice, que é usado pelo Ministério da Saúde para recomendar relaxamento nas medidas de isolamento social no combate a epidemia de Covid-19.

Os dados mostram também que sem o acréscimo das 194 vagas de UTI extras para Covid-19 a cidade já teria um déficit de 64 vagas de UTI.

Atualização às 10:36: A Secretaria Municipal de Saúde disse que no fim de semana informou o total de internações já realizadas nas UTIs ao invés do número de internados no momento, como acontecia nos boletins anteriores.

Curitiba tem 211 leitos de UTI adulto e 194 leitos de UTI adulto exclusivos para Covid disponíveis. Destes, a SMS informou, em resposta a pedido de informação feito por um cidadão, 76% dos 211 leitos regulares e 55% dos leitos covid-19 estão ocupados, num total de 275 unidades em uso.

No boletim diário divulgado pela SMS são informados apenas o número de pacientes com diagnóstico de covid-19 confirmado que estão internados, que estão em UTI e que estão no respirador. Isso deixa de fora 26 vagas de UTI ocupadas por pacientes com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus.

O Ministério da Saúde recomenda que apenas cidades com, no máximo, 50% de ocupação das UTIs considerem medidas de flexibilização do isolamento social. Se o índice for superior a esse, como é o caso de Curitiba, o isolamento social recomendado deveria ficar em 70%, bastante acima dos 48% registrados na capital paranaense.

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você clica aqui, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias