27 jan 2022 - 10h38

Paraná volta a reativar leitos de atendimento preferencial para Covid e Influenza

Média móvel de casos subiu 99% em relação há duas semanas

Mais 152 leitos de atendimento preferencial à Covid-19 e H3N2 foram reativados pelo governo do Estado na quarta-feira (26). Desses, 142 são de enfermaria, e 10 Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Esses leitos se somam aos já reabertos ao longo da última semana, totalizando agora 609 UTIs e 948 enfermarias.

A Secretaria de Saúde do Paraná está frequentemente reabrindo os leitos, devido a grande alta no número de casos de Covid-19 e a epidemia de H3N2. A última reabertura havia sido na terça-feira (25). A previsão da Sesa era de reabrir 205 leitos até o final do mês. Neste ano, quase 700 leitos foram reabertos. 

Leitos de enfermaria quase dobraram a capacidade, neste início de ano, passando de 515 para 948. Os novos leitos foram distribuídos nos municípios de Londrina (15 enfermarias e 5 UTIs), Maringá (20 enfermarias), Umuarama (10 enfermarias), Laranjeiras do Sul (10 enfermarias), Prudentópolis (10 enfermarias), Palmas (5 UTIs e 6 enfermarias), Chopinzinho (6 enfermarias), Coronel Vivida (6 enfermarias), Mangueirinha (6 enfermarias), Pato Branco (12 enfermarias), Clevelândia (6 enfermarias) e Curitiba (25 enfermarias e 10 UTIs).

Balanço atual

Em último boletim divulgado pela Sesa, a média móvel de casos soma 15.420, um aumento de 99% se comparado a duas semanas atrás. Foram registrados mais 25.228 casos positivos, e 38 mortes. Já são 276 mil casos registrados este mês, bem acima do pico, que havia sido em maio de 2021, com 194 mil casos. Com isso, janeiro de 2022 se tornou o mês com mais casos positivos de Codid-19 desde o começo da pandemia.

Em Curitiba, 3.756 novos casos foram registrados, e nove mortes, sendo seis nas últimas 48 horas. Casos ativos são 12.281. De 107 leitos UTI SUS exclusivos para Covid, 91 estão ocupados, uma taxa de ocupação de 85%. 

Com informações da Sesa e Sms

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds