Frio congela asas de avião no aeroporto de Curitiba - Jornal Plural
29 jul 2021 - 14h58

Frio congela asas de avião no aeroporto de Curitiba

Voo da Azul que iria para Porto Alegre (RS) foi cancelado para garantir a segurança dos passageiros

O frio desta madrugada na região de São José dos Pinhais, onde fica o Aeroporto Internacional de Curitiba, causou a formação de gelo nas asas de uma aeronave da Azul. Com isso, a empresa cancelou os voos AD4730 (Curitiba-Porto Alegre) e AD4024 (Porto Alegre-Curitiba).

“Os Clientes receberam toda a assistência necessária, de acordo com a Resolução 400 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), e serão reacomodados em outros voos da empresa ainda hoje. A companhia lamenta eventuais aborrecimentos ocorridos aos seus Clientes e ressalta que medidas como essas são necessárias para conferir a segurança de suas operações”, diz nota da Azul.

Gustavo Ribeiro, colunista de aviação do Plural, explica que o fenômeno é incomum nos aeroportos brasileiros porque são raras as temperaturas baixas a ponto de congelar as asas das aeronaves. Nos aeroportos de países mais frios, existe um mecanismo que acelera esses degelo, por meio de um líquido especial que é jogado sobre a aeronave. Entretanto, como este fenômeno é incomumno Brasil, este mecanismo não é financeiramente viável.

Gustavo explica que o cancelamento dos voos é uma medida de segurança para proteger os passageiros. Segundo ele, a situação não demanda manutenção posterior e após o degelo a aeronave pode seguir operando normalmente, após uma conferência dos sistemas.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias