Desafio "Julho Sem Plástico" busca diminuir uso de descartáveis | Jornal Plural
8 jul 2019 - 21h04

Desafio “Julho Sem Plástico” busca diminuir uso de descartáveis

A cantora e compositora Raissa Fayet foi uma das pessoas que topou o desafio.

Julho mal começou, mas talvez você já tenha visto circulando pelas redes sociais a #JulhoSemPlástico. Mundialmente conhecido como Plastic Free July, o movimento global busca conscientizar e diminuir o uso de plástico descartável.

Inspiradas pela ideia, cinco amigas se reuniram para montar um projeto de conscientização. “A ideia era aproximar as pessoas do grande problema ambiental que é o plástico de uso único, mostrando que podem mudar hábitos, enxergando o problema de maneira fácil e sem culpa”, explica Lorena Mello Rodrigues, que tem uma loja de itens alternativos aos descartáveis. Intitulado ECOnveniente, o trabalho busca dar dicas, tirar dúvidas, e trazer informação de confiança sobre o tema.

“É um trabalho bem de formiguinha, mas a ideia é que as pessoas não fiquem com medo de perguntar, ou de fazer. Nossa ideia era fazer algo de pessoas para pessoas”, salienta Lorena. O ECOnveniente lançou, no começo de julho, um pequeno guia, para auxiliar nessa conscientização de quem topar o desafio de reduzir o consumo de plástico durante o mês. “A proposta é que o desafiante, ao fim de julho, tenha mais consciência sobre o quanto tudo que consumiu vem embalado no plástico”, esclarece. Para dar mais ânimo, os participantes que se inscreverem e se mostrarem mais engajados ao longo das semanas, e do mês, serão premiados por meio de sorteios e afins.

A cantora e compositora Raissa Fayet foi uma das pessoas que topou o desafio. A artista já trabalha com causas ambientais há algum tempo, e busca por meio de suas canções sensibilizar o público. “A gente é culturalmente acostumado a usufruir do plástico como se não houvesse amanhã”, alerta Raissa que, apesar da familiaridade com o tema, afirma estar aprendendo cada vez mais. “Muita coisa eu não sabia, fui descobrindo no decorrer dessa campanha. Há muita informação meio assustadora, às quais não temos acesso”, revela.

A interação com o público, por meio das redes sociais, tem sido, para ela, um aspecto bastante positivo. “As pessoas perguntam, dão sugestões”, comenta. Além da conscientização do uso de descartáveis, a cantora também está procurando fazer seu próprio manual de novos hábitos. A ideia é – ao fim do desafio – desenhar uma rotina na qual use cada vez menos descartáveis. “Tem gente que tem tantas outras preocupações que não consegue olhar pra isso; pelo menos a gente, que tem esse privilégio, deveria estar fazendo isso”, salienta.

Para quem quiser participar do desafio do ECOnveniente, o projeto disponibiliza as dicas e outros materiais (como o manual do desafio), na sua página no Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias