Projeto curitibano faz lives de Karol Conka, Escambau e outros artistas | Jornal Plural
24 abr 2020 - 16h03

Projeto curitibano faz lives de Karol Conka, Escambau e outros artistas

Para movimentar a cena cultural de Curitiba, “Brasis no Paiol” experimenta formato em lives este fim de semana

Neste sábado (25) e domingo (26), a partir das 16h, o Instagram da Santa Produção vai angariar um conteúdo novo: pelo perfil da produtora serão exibidas as lives do projeto “Brasis no Paiol”. Nomes como Karol Conka, Maria Paraguaya & Giovanni Caruso, da banda Escambau; e Cau de Sá e Érica Silva do Mulamba integram a lista de apresentações.

Em 2019, o “Brasis” lotou o Paiol duas vezes para ver Tulipa Ruiz, trouxe de volta o rap do curitibano Dow Raiz, e abriu caminhos para uma apresentação de tirar o fôlego da banda Aláfia. O projeto nasceu em 2012, fruto da parceria entre os produtores Bina Zanette e Heitor Humberto. A princípio, o objetivo era ocupar o espaço do Paiol com música. 

“Começou meio que de uma forma espontânea, e arriscando em um lugar novo”, relembra Humberto. O Paiol já era conhecido da dupla, mas na época, não tinha o público musical de hoje. Com algumas datas na manga, e a vontade de fazer girar uma produção independente, as apresentações musicais passaram a acontecer mensalmente. “A resposta foi superpositiva, o público foi crescendo e abraçando a ideia”, conta o produtor. 

A curadoria segue um norte simples: trazer nomes que não são tão conhecidos, mas que já tem um trabalho mais solidificado – com obras lançadas e elogiadas. “Independente do gênero! Já fizemos rap, samba, música regional, pop… A gente se policia para não ficar preso a nenhum gênero”, salienta Humberto. Há também preocupação com representatividade – já que pelo menos metade dos artistas são mulheres, por exemplo –, e com o ineditismo da apresentação. O rapper Rico Dalasam e a cantora Luedji Luna são alguns dos nomes que vieram pela primeira vez à capital paranaense a convite do “Brasis”. 

Se em tempos pré-pandemia as produções do “Brasis” já olhavam para além do dinheiro, pensando em formação de público e movimentação da cena curitibana, o foco agora permanece o mesmo. A ideia é levar com as lives, os shows até a casa das pessoas, e permitir que os músicos sigam com sua atividade remunerada. 

A programação do “Brasis no Paiol Em Casa” é recheada, e conta com a mesma linha curatorial do projeto presencial, com artistas que – inclusive – já passaram pelo palco do Paiol ao longo desses oito anos de “Brasis”. Buscando um formato mais dinâmico e interativo, as lives terão apresentadores costurando as oito horas de transmissão, e discotecagens fechando a programação. Confira:

25 de abril, sábado
16h Cau de Sá e Érica Silva 
16h45 Diego Perin
17h30 Maria Paraguaya & Giovanni Caruso
18h15 Horrorosas Desprezíveis
19h Babi Oeiras

26 de abril, domingo
16h Karol Conka
16h45 Imperador Sem Teto
17h30 Julião Boêmio & Ricardo Salmazo
18h15 Central Sistema de Som
19h Murillo Mongelo

Serviço
Brasis no Paiol em Casa
Quando: 25 e 26 de abril (sábado e domingo), a partir das 16h
Onde: Instagram da @santaproducao
Mais informações no evento do Facebook

Um comentário sobre “Projeto curitibano faz lives de Karol Conka, Escambau e outros artistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias