9 estreias da Netflix para desanuviar a cabeça | Jornal Plural
22 set 2020 - 9h00

9 estreias da Netflix para desanuviar a cabeça

Lista tem quatro filmes e cinco séries que começam a ser exibidas nos próximos dias, com comentários sobre por que elas merecem atenção

Hoje, só o streaming salva. E como a Netflix ainda é o canal mais popular, o Plural fez uma seleção de nove filmes e séries que devem estrear nos próximos dias no serviço de streaming, a começar por esta terça-feira (22), seguindo até o dia 9 de outubro.

As sinopses aparecem entre aspas porque foram dadas pela própria Netflix e os comentários se baseiam em informações de bastidores e nos trailers, quando disponíveis.

1. “Enola Holmes” (filme): quarta-feira (23)

Sinopse: “Enola Holmes tem só 16 anos, mas vai fazer de tudo para encontrar a mãe desaparecida, inclusive despistar o irmão Sherlock e ajudar um jovem lorde fugitivo”.

Leia a resenha.

Comentário: Parece divertido. Inspirada num livro de Nancy Springer que, por sua vez, se inspira nos clássicos de sir Arthur Conan Doyle, a história se concentra na irmã mais nova de Sherlock e Mycroft Holmes. No filme, Enola é interpretada por Millie Bob Brown, a Eleven de “Stranger Things”.

Veja o trailer.

2. “Emily em Paris” (série): dia 2 de outubro

Sinopse: “Emily Cooper consegue o trabalho dos sonhos em Paris. Agora, ela precisa administrar a carreira, os amigos e o amor na Cidade Luz”.

Comentário: A protagonista Emily Cooper é interpretada por Lily Collins, de 31 anos, filha do cantor Phil Collins (se você tem mais de 31, sabe de quem eu estou falando). A série é produzida por Darren Star, o criador de “Barrados no Baile” e “Sex and the City” (se você tem mais de 41, sabe do que eu estou falando).

Veja o trailer.

3. “Solo fértil” (filme): terça-feira (22)

Sinopse: “Cientistas e celebridades revelam como o solo da Terra pode ser fundamental para o combate às mudanças climáticas e a preservação do planeta”.

Comentário: O documentário tem no elenco o ator Woody Harrelson (“True Detective”) e parece mirar em hipsters, fazendo perguntas como: o que eu posso plantar no meu quintal que não precisa viajar o mundo até a minha mesa? Apesar disso, pelo tema e pelo timing, vale dar uma olhada.

4. “The playbook – estratégias para vencer” (série): terça-feira (22)

Sinopse: “Série documental reflexiva e inspiradora [a Netflix apela, às vezes], técnicos campeões revelam suas regras pessoais para alcançar o sucesso nos esportes e na vida”.

Comentário: O trailer mostra uma cena engraçadíssima de José Mourinho, técnico do Tottenham, no futebol inglês. Ele balança a cabeça de um lado para o outro, faz um bico e diz: “Eu não tenho que falar de outras pessoas. Não quero falar”. Se os episódios apostarem nesse tipo de (mau) humor, o programa vai ser bom. Mas se prepare também para lances de autoajuda gritante, do tipo que diz que “um verdadeiro líder precisa tomar decisões difíceis”.

Veja o trailer.

5. “As mortes de Dick Johnson” (filme): dia 2 de outubro

Sinopse: “A cineasta Kirsten Johnson e seu pai encenam a morte dele das formas mais criativas possíveis em um esforço bem-humorado e comovente de encarar o inevitável”.

Este é Dick.

Comentário: O pai da cineasta tem 80 e tantos anos e aceita, com um senso de humor espetacular, atuar em várias cenas em que a filha imagina mortes por causas diversas: caindo da escada, tropeçando na calçada, atropelado por um carro… Na realidade, Dick sofre de um processo de demência, que afeta a memória. O tema é difícil, mas a proposta do documentário – de tratar do assunto com humor – é quase irresistível (ao menos para mim).

Veja o trailer.

6. “The forty-year-old version” (filme): dia 9 de outubro

Sinopse: “Desesperada por reconhecimento à medida que chega aos 40 anos, uma dramaturga que enfrenta dificuldades em Nova York acaba se reinventando como rapper.”

Radha Blank escreveu, dirigiu e protagonizou “The forty-year-old version”.

Comentário: Filmado em preto e branco, “A versão de quarenta anos” é um projeto bastante pessoal, do tipo que não aparece com frequência (não assim, na Netflix). Radha Blank é a diretora, roteirista e interpreta a protagonista da história. Escritora e roteirista, Blank já trabalhou com Spike Lee na série “Ela quer tudo” (2017).

Veja o trailer.

7. “Por trás daquele som” (série): dia 2 de outubro

Sinopse: “Esta série, baseada no podcast de sucesso, percorre o processo de criação e revela os pensamentos mais íntimos que inspiraram grandes canções.”

Comentário: O podcast a que se refere a sinopse se chama “Song Exploder”, criado em 2014. A série promete uma “espiada” nos bastidores que tornaram algumas músicas possíveis (o trailer usa, mais claramente, “Losing my religion”, do R.E.M.). Quem curte música pop deve ficar, no mínimo, curioso. Entre os artistas entrevistados, estão Michael Stipe (R.E.M.), Alicia Keys e Lin-Manuel Miranda (do musical “Hamilton”).

8. “Oktoberfest – sangue e cerveja” (série): 1º de outubro

Sinopse: “Um cervejeiro ambicioso chamado Curt Prank recorre a medidas extremas para construir uma tenda de cerveja e dominar a lucrativa Oktoberfest de Munique”.

Comentário: A premissa soa absurda, mas, pelas imagens que foram divulgadas, essa produção alemã se leva a sério. No fim, de tão inusitada, é possível que seja boa. E tem o bônus de ser falada em alemão.

Veja o trailer.

9. “Afronta!” (série): dia 5 de outubro

Sinopse: “Série documental em que pensadores negros brasileiros contam suas trajetórias e discutem sobre representatividade, empreendedorismo e comunidade.”

Comentário: A Netflix não divulgou muitos detalhes a respeito desse programa (não há trailer, por exemplo), mas vale ver como é que o canal de streaming vai abordar questões de raça relacionadas ao Brasil. Uma das palavras-chave associadas à essa produção é: “Aqui tudo é possível”. Mas não fica claro se é no bom ou no mal sentido.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias