5 maio 2022 - 17h07

Pavão, galinha, golfinho… bufês dos restaurantes da UFPR ganham decorações inusitadas

Há dias, cozinheiros travam uma batalha criativa e divertem alunos e professores

Os Restaurantes Universitários (RU) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) viraram terreno de disputa criativa entre cozinheiros que montam diariamente os bufês que atendem milhares de estudantes, professores e funcionários da instituição.

Tudo começou na última sexta-feira (29) quando um boneco feito com a casca da laranja apareceu como item de decoração na salada do RU da faculdade de Agrárias, em Curitiba.

Após a foto viralizar nas redes sociais da instituição, no dia seguinte, duas bananas viraram golfinhos decorativos com tanto de bico e nadadeiras.

Berinjelas prontas para uma noite de gala. Foto: Divulgação/UFPR.

O bandejão desta quarta-feira (4) amanheceu com um pavão feito de abacaxi e cenoura e, nesta quinta (5), a criatividade de novo correu solta: a salada ganhou um chuchu em formato de galinha com crista, bico e patas feitos de cenoura.

As inusitadas esculturas repercutiram entre alunos e professores da universidade, enquanto as postagens no perfil de Instagram da própria instituição viralizaram e receberam elogios e comentários divertidos de centenas de usuários.

Caravela de melão sulca um mar de repolho roxo. Foto: Divulgação/UFPR.

“Conseguimos tirar do RU a ideia de simples bandejão que serve comida automatizada para grandes quantidades de pessoas e deixar o atendimento mais humanizado”, explica a coordenadora dos Restaurantes Universitários, Lucyanne Maria Moraes Correia.

A iniciativa surgiu como uma brincadeira, mas em poucos dias se transformou numa divertida batalha entre os cozinheiros das empresas terceirizadas que abastecem os dez restaurantes no estado: além de quatro unidades em Curitiba, a UFPR tem RUs nos campi de Matinhos, Pontal do Sul, Palotina, Jandaia do Sul, Mirassol e Toledo.

Pavão de abacaxi e cenoura é o guardião da salada. Foto: Divulgação/UFPR.

Só em Curitiba, os quatro restaurantes servem 10 mil refeições por dia, entre café, almoço e jantar. A refeição custa R$ 1,30 para alunos com vínculos com a instituição.

As decorações divertidas não reverteram num aumento no número de refeições servidas, “mas de elogios sim”, diz Lucyanne. Segundo a coordenadora, cozinheiros e membros da comunidade estão se divertindo com a brincadeira, o que deve garantir novos capítulos nos próximos dias.

O Restaurante Universitário foi criado na década de 1960 com o objetivo de atender estudantes que iam estudar na capital e passou a se chamar assim oficialmente em 1980. Refeições a preço acessível são uma das principais políticas de permanência dos alunos na universidade.

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

É falso vídeo que tenta ligar filho de Lula a Petrobras e a aumento de combustíveis

Diferentemente do afirmado em vídeo, o preço do barril de petróleo não é manipulado por uma empresa internacional que investe na Petrobras. O preço varia, na verdade, com a oferta e demanda do produto no mundo. Além disso, nenhum filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é sócio de empresa investidora da companhia e o presidente Jair Bolsonaro (PL) não instaurou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os acionistas da petroleira. O conteúdo é falso

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds