Crônicas Archive | Jornal Plural

Passaram mesmo por cima

Já não existe mais aquela vida dura e larga do povo do rio, suas falas gritadas, a trama explícita de alegria, comércio, lamento, religiosidade, sexo

Marcos Pamplona

O falecido

Era como se as lágrimas dela não tivessem fim. Ainda tentei acalmá-la, dizendo sabe-se lá o quê. Qual nada! Não houve o que a consolasse

Felippe Anibal

Dolorosas recordações

Será a voz escrava saindo de dentro de um livro de história ou o capataz torturando-a? É a voz de um “índio” gritando socorro, um socorro tão longe, longo e profundo que não consigo ouvir e/ou compreender? Serão as vozes dos assassinados da favela do Jacarezinho?

Dr. Rosinha

Janelas verdes

E lá, para além das águas, meu povo afunda, mas não morre. Quantas vezes já foi à lama, e ergueu-se, inoxidável ao sol?

Marcos Pamplona

A nudez dos reis

São poucos os que podem se dar ao luxo de fazer do Louvre um retrato tão desdenhoso. Claro, temos uma parte de nós sem acesso sequer a saber o que o Louvre é

Cezar Tridapalli

Brasilian Serenata

Passa um carro tocando uma música – de péssima qualidade – alta. Sequer parece música, é uma batida rítmica – destas de bate estacas da construção civil – irritante que te rouba toda a atenção: não te deixa ler e/ou escrever e muito menos dormir

Dr. Rosinha