27 maio 2021 - 11h30

Testemunhas de uma democracia doente

Uma conversa com Norberto Bobbio.

A democracia é o governo do poder público e visível, em contraposição aos segredos, mentiras e censuras da autocracia. Bom… ao menos deveria ser.

Através da tecnocracia e da violação impune e escondida das leis, um criptogoverno atua paralelamente, buscando controlar o Estado sem ser por ele controlado, afastando-se do escrutínio democrático.

O enfraquecimento dos mistérios divinos, naturais e políticos pré-modernos parece não ter sido suficiente à construção de uma autêntica república, do público e em público, na qual a revelação de segredos inconfessáveis escandalize e envergonhe, ao invés de constituir a normalidade num contexto de apatia geral.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Um comentário sobre “Testemunhas de uma democracia doente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias