Se Beto não sair, PSDB esvazia ainda mais | Jornal Plural
Clube Kotter
18 jul 2019 - 10h30

Se Beto não sair, PSDB esvazia ainda mais

Tucanos ameaçam sair antes da eleição do ano que vem se Beto continuar

A saída de Beto Richa parece finalmente ter atingido o consenso no PSDB. Na semana passada, com a desfiliação de Fernanda Richa, cresceu a expectativa para que o ex-governador finalmente tome a iniciativa que, para muita gente, é o começo da salvação da lavoura.

Alvo de várias investigações sérias, réu em múltiplas ações, preso por três vezes em um ano, Richa está ameaçado de expulsão pelo presidente nacional do partido, o governador de São Paulo, João Dória. Ao contrário da esposa, porém, ainda não entregou os pontos.

“Se ele não sair, eu é que não fico”, diz um dos tucanos mais jovens, que pensa em salvar a carreira fugindo do PSDB, se for o caso. “E tem muita gente com potencial que também pensa em sair”, diz ele.

Desde a primeira prisão de Beto, o partido já viu a bancada federal se extinguir e a estadual mirrar. Mais um pouco e será tarde demais para recuperar o que resta.

Assuntos:

Últimas Notícias