Após enxurrada de críticas, Greca recua em declaração sobre enfermeiros | Jornal Plural
Clube Kotter
17 mar 2019 - 10h30

Após enxurrada de críticas, Greca recua em declaração sobre enfermeiros

Prefeito de Curitiba admite que seu comentário sobre enfermeiros da rede pública foi infeliz e pede desculpas

Depois de uma enxurrada de críticas, o prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN) foi obrigado a recuar e pedir desculpas para os enfermeiros do município. Nas redes sociais, ao rebater uma internauta que disse que a sobrecarga estava deixando os profissionais doentes, o prefeito havia dito que isso era impossível.

“Não há registro de maus tratos”, afirmou ele. “Mesmo porque uma enfermeira de unidade básica trabalha apenas 30 horas semanais. Uma enfermeira de UPA trabalha 12 horas e descansa 60 horas! Não há como ficar doente, a não ser de tédio de tanto descansar. A não ser que cometa excessos durante seu descanso.”

Veja post aqui.

O comentário enfureceu a categoria, que bombardeou o prefeito no Facebook, e levou o Coren Paraná, que representa os enfermeiros do estado, a emitir uma nota de repúdio.

Na noite deste sábado, Greca apagou o comentário original e fez um post pedindo desculpas. No novo post, Greca diz que seu primeiro texto não representa o que ele pensa sobre o tema. Admitiu sobrecarga no trabalho devido às aposentadorias e prometeu atenção à categoria.

Greca investe pesado com propaganda em pequenos jornais

 

Últimas Notícias