9 fev 2022 - 15h29

Servidores deixam acampamento em frente à prefeitura de Araucária após reintegração de posse

Funcionários mantêm greve. Sindicato diz que adesão chega a 70%. Município afirma que serviços estão normais

A prefeitura de Araucária teve acatado na Justiça, na terça-feira (8), um pedido de reintegração de posse para os servidores deixarem o gramado, onde estavam acampados, em frente ao prédio do Executivo municipal. A saída aconteceu no fim da tarde da terça. Cerca de 40 funcionários estavam no local.

De acordo com o Sindicato dos Servidores de Araucária (Sifar), a Guarda Municipal (GM) agiu de forma intimidatória. Ao Plural a prefeitura disse as equipes da GM ficaram preparadas para atuar, mas que não houve necessidade de intervenção.

Mesmo proibidos de ficarem acampados em frente à prefeitura, os servidores mantiveram a paralisação. De acordo com o sindicato a adesão à paralisação chega a 70% dos trabalhadores, cujas reivindicações são correção da inflação e no vale alimentação, recomposição salarial de 18% e aumento linear de R$ 500 incorporados aos salários. Uma nova assembleia deve ser realizada nesta quarta-feira (9).

Atendimento

Na terça-feira, alguns serviços nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ficaram fechados em virtude da greve, mas os atendimentos de urgência e emergência não foram alterados. Das 75 unidades de ensino municipais, apenas 4 CMEIs estavam fechados, segundo levantamento da Secretaria da Educação de Araucária. Os serviços das demais secretarias e no paço municipal acontecem normalmente.

Impasse

Embora o Ministério Público do Trabalho tenha intermediado uma reunião entre o sindicato e a prefeitura para a próxima semana, a administração municipal informou que a negociação está prevista apenas para o dia 15 de março. O Sifar aguarda decisão do recurso interposto contra uma liminar que considerou a greve ilegal e pretende manter paralisação.

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

Post adultera áudio e mente ao afirmar que Lula foi xingado em Caruaru

É falso conteúdo publicado no Facebook afirmando que Lula foi hostilizado ao participar da festa junina em Caruaru, Pernambuco. A publicação sofreu edição com a introdução de um áudio com gritos de “ladrão”. No conteúdo original, o ex-presidente é aplaudido durante um ato político de um aliado em Uberlândia, Minas Gerais. No post, é tocado um jingle de pré-campanha eleitoral

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds