Livro de fotos conta história de catadores | Jornal Plural
29 jul 2019 - 22h51

Livro de fotos conta história de catadores

O livro bilíngue será viabilizado por financiamento coletivo

O fotógrafo Ari Baiense lança seu primeiro fotolivro, Mutirão, resultado de mais de uma década de registros de um grupo de catadores de materiais recicláveis em Curitiba. Chamado de Associação Mutirão ECOcidadão, o coletivo garante o sustento de 14 famílias com a coleta, separação e venda de recicláveis.

Baiense conta que o livro foi editado para celebrar as conquistas dos trabalhadores. “Muitos dos retratados já não estão mais entre nós, mas a semente que um dia foi plantada continua a florescer, mesmo que arduamente, e hoje podemos ver seus frutos: Catadores vivendo com mais dignidade e maior autoestima, em uma associação autogerida e autossustentável.”

Além das imagens, ajudam a contar a história do projeto artigos e depoimentos escritos pelos integrantes do Núcleo de Comunicação e Educação Popular (Ncep) da UFPR.

Para Mônica Ferreira, estudante de jornalismo e integrante do Ncep, conhecer as pessoas e coletar seus depoimentos foi uma experiência importante. “Foi a primeira vez que eu tive oportunidade de me aproximar delas. Queria entender como era o trabalho, a vida, as coisas pelas quais já passaram. Foi muito bom pegar o depoimento da Dona Benedita. É outra realidade de vida. Ela é uma mulher incrível.”

O livro bilíngue será viabilizado por financiamento coletivo. Parte da renda será revertida para a continuidade de um projeto de segurança alimentar com a comunidade, em parceria com a ONG Casa da Videira.

Os interessados em adquirir o livro e colaborar com o projeto podem fazer encomendas pelo site do fotógrafo (www.aribaiense.com) até o dia 31 de julho. A publicação pode ser enviada pelo pelos Correios ou retirada pessoalmente em Curitiba. O lançamento deve ocorrer no final de agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias