Litercultura 2019 se encerra com Igiaba Scego | Plural
16 ago 2019 - 12h12

Litercultura 2019 se encerra com Igiaba Scego

Escritora e jornalista italiana é ativista das causas migratórias e da cultura africana

Fechando a sua 7ª. edição, o Litercultura apresenta nessa sexta-feira (16), às 20h, a escritora e jornalista italiana, Igiaba Scego. Antecendendo a mesa de encerramento, o músico e compositor André Abujamra se apresenta às 18h30.

Essa não é a primeira vez que Scego vem ao Brasil. Em 2018, a escritora italiana, de ascendência somali, foi uma das convidadas da FLIP (Festa Literária Internacional de Paraty). Colonialismo e imigração são temas próximos à autora: após se formar em literatura estrangeira, na Universidade La Sapenza (Roma), Scego passou a colaborar com jornais e revistas especializadas. O mesmo acontece com sua literatura, permeada pelas temáticas.

Para o Litercultura 2019, a italiana, filha de pais imigrantes, retoma a trajetória da própria família, que em 1969 fugiu do regime de Siad Barre. Sua reflexão problematiza as questões imigratórias por um ponto de vista humano: “Não existem vistos, nem corredores humanitários, é um problema seu se, no país em que você nasceu, existe uma ditadura ou uma guerra, a Europa não olha na cara, você é só um incômodo”, narra em seu texto para o livro “Fronteiras”. Examinando o conceito da palavra “viagem”, Scego nos propõe um olhar mais empático aos movimentos migratórios.

No Brasil, a autora tem três obras publicadas: os romances “Minha casa é onde estou” e “Adua”, e o ensaio biográfico “Caminhando contra o vento”, que homenageia Caetano Veloso. 

Serviço

Litercultura 2019
Conversa com a escritora italiana Igiaba Scego. Mediação de Maria Célia Martirani.
Quando: 16 de agosto, sexta-feira, às 20h. Antes, às 18h30, André Abujamra se apresenta.  
Onde: Capela Santa Maria (R. Conselheiro Laurindo, 273 – Centro)
Os ingressos são gratuitos e distribuídos a partir das 18h no dia de cada apresentação.

Últimas Notícias