28 jul 2021 - 8h00

Nossas crianças dão sinais!

É muito importante procurarmos entender o que as crianças nos querem dizer

Nós como pais ou responsáveis temos o dever de escutar de maneira ativa nossas crianças. Esse papel é extremamente importante e podem salvá-las. O que será que aquele comportamento quer dizer?

Todo ser humano, independentemente da idade, tem sentimentos e, por isso, umas das dicas de hoje é: procure entender e acolher o que seu filho(a) está sentindo. Exemplo disso é perguntar para a criança: “tenho notado que você anda um pouco diferente, tem algo que eu possa te ajudar?”.

São com essas simples atitudes que os pequenos se sentem mais próximos de nós, com isso mais confortáveis para contarem o que estão sentindo. Cabe a família dialogar com a criança.

Fiquem atentos caso a criança se incomode com a presença de alguém, que tenha um olhar desconfiado ou medo. Outra dica, alguns sinais de abuso são as mudanças de comportamento (agressividade, baixo rendimento escolar, xixi na cama, sono excessivo, irritabilidade, brincadeiras de cunho sexual, desenhos que contenham partes íntimas).

Você sabia que também é possível identificar por meio de náuseas, dores no abdômen, urticária pelo corpo, dores de barriga, isolamento repentino, medo de dormir sozinho ou distanciamento podem ser sinais de abuso?

As crianças têm comportamentos naturais, não precisam “disfarçar” para falar com alguém. Os pais e responsáveis precisam entender, de maneira apropriada, o motivo daquela recusa. Pode ser que a criança simplesmente não foi com “a cara” daquela pessoa. E tudo bem se isso acontecer. Não force a barra!


Para ir além

A Campanha da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho do Paraná tem uma campanha muito legal, assista a seguir:

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Um comentário sobre “Nossas crianças dão sinais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Radiocaos Fosfórico

Neste episódio os textos e ideias combustíveis de Trin London, Merlin Luiz Odilon, Menotti Del Picchia, Alana Ritzmann, Otto Leopoldo Winck, Gabriel Schwartz, Cyro Ridal, Robson Jeffers, Guilherme Zarvos, Carlos Careqa, Clarice Lispector, Luciano Verdade, Giovana Madalosso, Charles Baudelaire, Arnando Machado, Edilson Del Grossi, Francisco Cardoso, Liliana Felipe, Valêncio Xavier, Carlos Vereza, Ícaro Basbaum, Mauricio Pereira, Mano Melo, Monica Prado Berger, Amarildo Anzolin, Antonio Thadeu Wojciechowski, Marcelo Christ Hubel, Cida Moreira, entre outros não menos carburantes.

Redação Plural.jor.br