O melhor amigo – imagine se não fosse | Jornal Plural
18 dez 2019 - 23h54

O melhor amigo – imagine se não fosse

Após a descoberta de rinhas para lutas de cães, no Congresso tramita lei para endurecer punição a quem maltrata animais

Na terça-feira (17), o plenário da Câmara aprovou projeto de lei que aumenta a pena para autores de maus-tratos a cães e gatos domésticos. A matéria segue para o Senado. O texto prevê reclusão de 2 a 5 anos, multa e proibição de guarda de animal, mas apenas em caso de maus-tratos. A punição pode chegar a 6  anos em caso de morte do animal. Para os animais silvestres, exóticos ou nativos, a pena continua a mesma. Hoje, a Lei de Crimes Ambientais determina detenção de três meses a um ano e multa para casos de violência contra animais. O texto privilegia os animais domésticos porque “cães e gatos são os animais mais adotados como estimação no país”.

E, dias atrás, em São José dos Pinhais, RMC, foi descoberto um canil que trabalhava cães pitbull para rinhas de cães, nas quais os bichos brigavam até a morte.

Cobaias espaciais

Aí, depois de ler a notícia, alguém viajou no tempo, voltando às viagens espaciais, mais precisamente ao Sputnik, o primeiro satélite artificial da Terra, lançado pela então União Soviética no dia 4 de outubro de 1957. Depois de seis meses, caiu.

E o Sputnik 2, lançado em novembro daquele ano, também ficou famoso: enviou o primeiro ser vivo ao espaço, no caso a Laika. Ocorre que o bichinho morreu horas depois do lançamento, em pânico total devido ao superaquecimento da cabine. E as experiências continuaram.

Em agosto de 1960, mais cães no espaço: foi a vez do Sputnik 5, agora transportando dois cães (Belka e Strelka), 40 camundongos, dois ratos e diversos tipos de plantas. A espaçonave retornou no dia seguinte, com os animais assustados, mas vivos. O objetivo era estudar a adaptação dos animais quando da ausência de gravidade.

Encerrando: para evitar desvios de conduta, há quem prefira manter o seu cão predileto muito bem guardado, numa prateleira.

Trata-se de O Cão dos Baskervilles (The Hound of the Baskervilles), 1902, livro de Arthur Conan Doyle, com Sherlock Holmes e Dr. Watson em ação.

Últimas Notícias