Prefeitura se defende de acusações de companhia de teatro | Jornal Plural
3 abr 2019 - 15h31

Prefeitura se defende de acusações de companhia de teatro

Denúncia era de que prefeito tentou proteger Bolsonaro

A prefeitura de Curitiba decidiu finalmente se manifestar sobre a denúncia de que supostamente teria cancelado peças no Memorial de Curitiba para evitar que um dos espetáculos criticasse Jair Bolsonaro (PSL).

“A Fundação Cultural de Curitiba esclarece que são infundados os boatos de censura sobre peça do Festival de Teatro em cena.
Não houve em nenhum momento proibição de realização de qualquer peça, seja no Memorial de Curitiba ou em qualquer outro espaço sob gestão desta Fundação.

A decisão de onde as peças serão realizadas e eventuais transferências de local são inteiramente de responsabilidade da organização privada do Festival, responsável por toda programação do evento, não tendo o Município nenhum tipo de ingerência ou patrocínio sobre isso.

Tanto o Teatro Londrina no Memorial de Curitiba quanto o palco do Anfiteatro das Ruínas de São Francisco (onde a peça em questão será apresentada) foram disponibilizados ao empreendimento privado Festival de Teatro.”

Últimas Notícias