Juiz condena vereadora por ficar com salário de comissionados | Jornal Plural
21 fev 2020 - 22h54

Juiz condena vereadora por ficar com salário de comissionados

Caso a vereadora venha mesmo a deixar o mandato, quem assume é o primeiro suplente, Zé Maria

A Justiça condenou a vereadora Kátia Dittrich (SD) a cinco anos e seis meses de prisão pela prática da “rachadinha”. Conhecida como Kátia dos Animais de Rua, a parlamentar exigia parte dos salários de funcionários do gabinete.

A decisão é do juiz José Daniel Toaldo, da 11.ª Vara Criminal. O juiz também condenou a vereadora à perda do mandato pelo crime de corrupção.

Marcos Pinheiro Withers, marido da parlamentar, foi condenado na mesma ação a cinco anos de prisão em regime fechado, pelo crime de concussão.

A defesa de Kátia Dittrich e de Marcos Withers alega falta de provas e promete recorrer da condenação. Os dois poderão responder em liberdade.

Caso a vereadora venha mesmo a deixar o mandato, quem assume é o primeiro suplente, Zé Maria (SD), que já exerceu mandatos de vereador anteriormente.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Últimas Notícias