Greca tenta aproximação com Ratinho para anular Leprevost | Jornal Plural
2 fev 2020 - 21h24

Greca tenta aproximação com Ratinho para anular Leprevost

Greca acredita que, com Leprevost, necessariamente a eleição seria em dois turnos

O prefeito Rafael Greca (DEM) vem tentando uma aproximação com Ratinho Jr. (PSD) para conseguir anular, ainda no primeiro turno, a candidatura de oposição considerada mais forte no momento, de Ney Leprevost (PSD). A ideia seria oferecer uma parceria para que o governador não precisasse correr o risco de lançar um candidato de seu próprio partido.

Hoje, Greca mantém uma boa relação com o governador, mas está em um partido diferente. Leprevost, que já foi ao segundo turno contra Greca em 2016, seria o candidato natural de Ratinho. Está no partido do governador e ocupa uma Secretaria de Estado. Há um terceiro nome ainda disputando a atenção de Ratinho: Fernando Francischini, do PSL.

A equipe de Greca acredita que, com Leprevost no páreo, necessariamente a eleição seria em dois turnos. Mas o que poderia ocorrer para que Ratinho quebrasse a lealdade com seu correligionário. A aposta é que a vice de Greca seria importante no processo.

Eduardo Pimentel, o vice de Greca e provável candidato na chapa, hoje está no PSDB, mas não esconde de ninguém que pode mudar para outro partido a qualquer momento. Se fosse possível colocá-lo em um partido ligado a Ratinho, ele seria visto como o representante do governador na chapa – e o governador ganharia um candidato natural à prefeitura em 2024.

No entanto, Leprevost se mexe para evitar que isso aconteça: quer Eduardo Pimentel longe de seu partido e até agora conseguiu manter o PSD isolado da influência de Greca.

Tudo deverá ser definido na janela eleitoral que permite a troca de partidos para a eleição deste ano0, e que começa no mês que vem.

Últimas Notícias