Deltan negava ser "Bill Clinton" | Jornal Plural
4 set 2019 - 0h14

Deltan negava ser “Bill Clinton”

Procurador dizia que não era candidato ao Senado, ao contrário do procurador que virou presidente

Todo mundo tinha convicção de que Deltan Dallagnol pensava em se candidatar ao Senado no ano passado. Faltavam as provas, agora fornecidas pelo Intercept.

Procurador mais exposto na mídia de toda a força-tarefa da Lava Jato, Deltan tem razão ao dizer que se elegeria facilmente. Vários partidos matariam para tê-lo como candidato.

O curioso, porém, é que Deltan sempre negou as pretensões políticas – que, pelo que se vê nos registros de seu Telegram, continuam vivos para 2022. Ao ser entrevistado, sempre dizia que isso era bobagem.

“Entendo que todo mundo pense que eu quero dar uma de Bill Clinton”, disse certa vez, sorrindo, a este repórter. “Mas não tem nada disso, não”, disse já perto do prazo para se desincompatibilizar, caso fosse sair ao Senado.

Clinton saiu do Ministério Público para a política e acabou presidente dos Estados Unidos. Lá, diferente daqui, porém, os promotores são eleitos.

Últimas Notícias