Fascículo 15: Corte de cabelo, guerrilha e helicóptero | Jornal Plural
4 ago 2019 - 21h11

Fascículo 15: Corte de cabelo, guerrilha e helicóptero

AUTOVERDADE: Verdade que cada um, por ser uma individualidade inserida numa democracia, tem o direito de criar. Se A não quer que exista fome no Brasil, B não pode achar que…

AUTOVERDADE: Verdade que cada um, por ser uma individualidade inserida numa democracia, tem o direito de criar. Se A não quer que exista fome no Brasil, B não pode achar que é mentira. Assim como se B acreditar que seu filho é o melhor nome para suceder o papa Francisco, A não deve objetar. As eventuais disputas sobre o que é verdade ou inverdade poderão ser resolvidas através de duelo com arma de fogo.

CORTE DE CABELO: Estratégia que, sendo aplicada no momento exato, pode evitar um encontro político constrangedor.  O corte de cabelo pode ser substituído também por uma ida súbita ao WC.

DAR UM BOLSONARO: Expressão idiomática. Significa humilhar ou espezinhar uma pessoa que não é de seu clã ou que não elogia suas ideias. “Cara, o Mota deu um bolsonaro na Miriam que não sobrou nada pra contar”. 

DEMOCRACIA DE EXCEÇÃO: Regime baseado na tese de Sigmund Freud de que “a civilização começa com a repressão”. Atento à afirmação do psiquiatra austríaco, o filósofo pós-moderno e pré-primário Olavo de Carvalho cunhou o termo em sua obra “O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota como eu”. Para Olavo, democracia de exceção é o regime político em que todos os cidadãos participam igualmente da governança através do voto – desde que possuam mais de três rifles de caça em casa.

EMBAIXADOR: Pessoa que, por envolvimento com assuntos escusos, recebe do governo um cargo no exterior.

FOME: Invenção dos comunistas com o intuito de exagerar as condições dos brasileiros menos afortunados economicamente e, com isso, exacerbar a luta de classes.

GUERRILHA URBANA: Grupo de indivíduos de extrema esquerda, praticantes da luta armada contra governos democráticos, que curiosamente matavam-se entre si. Há estranhos casos de membros de algumas facções que, apenas porque, em vez de ir para Recife foram ao Rio, acabaram sendo eliminados pelo grupo. 

HELICÓPTERO: Veículo de transporte familiar. Van que voa.

IDIOTICE: De modo geral são todas as perguntas formuladas pela mídia.

INSULTO: Forma de governo do século XXI. A ideia de legislar, ajuizar e executar ficou ultrapassada. Atualmente, com dois ou três termos grosseiros e um palavrão bem colocado pode-se chegar ao mesmo resultado. E usando apenas um tuíte e meio cérebro.

LÍNGUA: Órgão muscular incontrolável situado na boca e na faringe que pode fazer cair a Bolsa, baixar o dólar, gerar constrangimentos internacionais e até impeachment. 

LOGORREIA: Tipo raro de gonorreia lingual que leva o indivíduo a proferir sandices descontroladamente. Não há cura. Ver asneira, contrassenso, despautério, disparate.

MOTIM: Palavra desconhecida. Especialmente em presídios no Norte do país. Pergunte às vítimas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias