11 jan 2022 - 11h41

Governo japonês oferece bolsas de estudo para estudantes e professores

Inscrições vão de 17 de janeiro a 15 de fevereiro

O governo japonês abre inscrições no dia 17 de janeiro para bolsas de estudo para brasileiros em instituições de ensino do Japão nas modalidades de “Treinamento para professores” e “Cultura e língua japonesa”. O prazo termina no dia 15 de fevereiro. Anualmente são oferecidas seis modalidades de bolsas de estudo a estrangeiros.

A bolsa de treinamento, com até um ano e meio de duração, é voltada para professores formados, atuantes no ensino fundamental ou médio em qualquer área do conhecimento, com pelo menos cinco anos de experiência. Os candidatos precisam comprovar conhecimento de língua inglesa ou japonesa e serem nascidos após 2 de abril de 1987.

Já a oferta de vagas para o estudo da língua e cultura japonesa é voltada para alunos do curso de Letras Japonesa, ou para universitários descendentes de japoneses que estejam cursando qualquer curso da graduação e estudando a língua japonesa, dentro ou fora da instituição de Ensino Superior, por pelo menos um ano ininterrupto. A duração da bolsa é de um ano e é voltada para nascidos entre 2 de abril de 1992 e 1 de abril de 2004.

Os aprovados embarcam para o Japão a partir da segunda quinzena de setembro, dependendo da situação da pandemia na época, para participar de programas específicos oferecidos pelas universidades japonesas. Os benefícios são:

  • passagem de ida e volta
  • isenção das taxas de matrículas e mensalidades
  • bolsa mensal (para pagamento dos custos de vida, o que varia entre Y$117.000,00 a Y$ 143.000,00)

Maiores informações sobre as bolsas estão à disposição no site do Consulado Geral do Japão em Curitiba.

Mais informações

Consulado Geral do Japão em Curitiba

Setor Cultural

Tel: (41)3322-4919 (opção 2)

E-mail: [email protected]

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

É falso que PT seja responsável por drone que lançou produtos químicos em Minas Gerais

É falso que drone que lançou produtos químicos em evento de Lula e Alexandre Kalil em Minas Gerais foi contratado pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Em vídeo, pastor diz que investigação da Polícia Civil apontou que equipamento pertencia a uma empresa de propaganda e que operador disse à polícia que imagens seriam usadas na propaganda petista. O caso é apurado pelo Ministério Público Federal (MPF), que desmentiu a versão

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds