Lula passa nove horas fora da carceragem; medo da PF de tumultos era infundado | Jornal Plural
Clube Kotter
2 mar 2019 - 0h00

Lula passa nove horas fora da carceragem; medo da PF de tumultos era infundado

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou exatas nove horas fora da carceragem da Polícia Federal neste sábado (2), de onde saiu logo cedo…

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou exatas nove horas fora da carceragem da Polícia Federal neste sábado (2), de onde saiu logo cedo para acompanhar o velório e o sepultamento de seu neto Arthur, 7 anos, em São Paulo.

Lula saiu da sede da PF, no Santa Cândida, de helicóptero, às 7h01; voltou às 16h03. De manhã, a saída foi silenciosa, quase sem público. Apenas repórteres, fotógrafos e cinegrafistas, além de duas militantes, acompanharam a decolagem. À tarde, havia militância esperando a volta do presidente.

A forte escolta policial, com duas centenas de homens armados, não enfrentou qualquer problema. Os receios da Superintendência da PF para liberar o presidente por medo de arrebatamento ou fuga se mostraram absolutamente vãos. Também não houve tumultos ou protestos – tudo transcorreu dentro da mais perfeita ordem.

Segundo relatos, o ex-presidente ficou devastado com a morte do neto, que chegou a morar com ele e com a ex-primeira-dama Marisa Letícia, também já falecida. Teria precisado de remédios para dormir.

O acordo para que ele partisse apenas na manhã do sábado rumo a São Paulo teria sido feito entre o ex-presidente e a PF. O avião foi emprestado pelo governo do Paraná. “Fiz por ele o que qualquer um faria no meu lugar”, disse o governador Ratinho Jr. (PSD).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias