21 jan 2022 - 10h00

Empresa promove investimento em motorhomes para locação

Pura Vida foi de 2 para 16 veículos disponíveis para locação desde 2020. Investimento inicial é de R$ 400 mil

Comprar e manter um motorhome é um projeto de vida. O veículo tem alto valor, exige manutenção, local especial para ficar estacionado e pode ficar boa parte do ano parado. Uma empresa de Curitiba está crescendo apostando numa alternativa: a compra para investimento. A Pura Vida nasceu como locadora de motorhomes, mas hoje agencia veículos de terceiros e oferece pacotes de investimento para quem quer entrar na área.

A proposta é simples: o comprador adquire um veículo no padrão “Pura Vida”, que, diz o CEO da empresa, Ricardo Zanin, inclui uma montagem com preço “otimizado”. Quando pronto, o motorhome fica na Pura Vida com agenda aberta para locação. “Em média, locamos 15 dias por mês”, conta.

A demanda por esse tipo de locação, diz Zanin, só cresce desde o início da pandemia. “E uma forma segura de viajar”, conta. Isso porque o transporte e o espaço habitável são de acesso exclusivo dos viajantes. E quem compra para investir pode manter semanas reservadas para uso próprio.

A Pura Vida abriu as portas em 2017 com um veículo próprio. Chegou em 2020 com dois. Hoje são 16 carros em atividade mais 10 em processo de montagem.

O veículo padrão da empresa é uma van utilitária como uma Mercedes Sprinter ou um Renault Master, que custam, novos, de R$ 185 mil a R$ 215 mil com uma montagem (construção da estrutura interna com móveis e equipamentos – geladeira, fogão, aquecedor, tanques de água) que custa entre R$ 140 mil a R$ 155 mil. Outros R$ 80 mil a R$ 87 mil vão para impostos, manutenção e taxas.

Pronto, o motorhome pode ser locado por diárias a partir de R$ 700 para viagens em solo nacional com 2 até 4. passageiros adultos. O preço da diária pode aumentar com a inclusão de kits e da autorização para viagem no Mercosul. Os veículos podem ser conduzidos por quem tem carteira de habilitação categoria B.

Investimento em motorhome

Atualmente a Pura Vida trabalha com dois modelos de investimento. No primeiro, o dono do veículo opera a locação diretamente com o suporte da Pura Vida por uma comissão de 15% das diárias contratadas. No segundo, o veículo é totalmente gerido pela empresa, que cobra comissão de 30%.

A previsão de lucro líquido calculada pela Pura Vida nesse segundo cenário é de R$ 70 mil por ano. Mas quem pretende investir precisa considerar que entre a compra do pacote e a entrega do veículo pronto a demora é grande, ainda mais com a demanda em alta.

Segundo Zanin, o primeiro modelo é mais usado por pessoas que têm veículos em outras cidades – a sede da Pura Vida é em Curitiba. Mas mesmo no segundo modelo, o proprietário mantém o acesso ao motorhome para uso pessoal. O único porém é que os meses de verão, quando há maior interesse em viajar, são também os meses com maior procura por locação.

Mais informações:

Pura Vida

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

Post adultera áudio e mente ao afirmar que Lula foi xingado em Caruaru

É falso conteúdo publicado no Facebook afirmando que Lula foi hostilizado ao participar da festa junina em Caruaru, Pernambuco. A publicação sofreu edição com a introdução de um áudio com gritos de “ladrão”. No conteúdo original, o ex-presidente é aplaudido durante um ato político de um aliado em Uberlândia, Minas Gerais. No post, é tocado um jingle de pré-campanha eleitoral

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds