Após 20 anos, os sanduíches-monstro da lanchonete Billy estão de volta
12 abr 2021 - 12h06

Após 20 anos, Mumu Chorão e os sanduíches da lanchonete Billy estão de volta

Tradicional point da madrugada curitibana reabre nesta quarta só no delivery

Os sanduíches-monstro da Billy estão de volta. A tradicional lanchonete, que marcou gerações de boêmios que se reuniam na madrugada para comer um dos primeiros sanduíches raiz de Curitiba, reabre nesta quarta-feira (14) no formato delivery.

“Vamos fazer o puro sanduíche raiz, sem gourmetização e sem miséria.  Cada mordida vai ser uma volta no tempo”, garante o publicitário Cadu Garmatter, 34, que resolveu resgatar a receita da família. Ele é neto de Billy Garmatter, fundador da marca e filho de Carlos que até 2002 esteve à frente do negócio.

A primeira lanchonete do Billy abriu em Caiobá, em 1979. Foto Divulgação.

Naquele ano, a lanchonete encerrou um ciclo que havia começado numa casinha de madeira em Caiobá, em 1979. No ano seguinte, a sanduicheria subiu a serra e inaugurou na Praça do Gaúcho, ao lado da histórica sorveteria do Gaúcho.

Durante os mais de 20 anos de atividades, a lanchonete abriu unidades também na Rua XV de Novembro, na Praça 29 de Março – que se tornou o point mais famoso para o povo da noite -, na Rua 24 Horas, na Rua Itupava e na Lamenha Lins esquina com a Avenida Água Verde.

Mumu Especial: hambúrguer, maionese, alface, tomate, ovo, bacon, duas fatias de muçarela e presunto no pão quadrado 12 cm. Foto: Divulgação.

O novo cardápio conta com oito sanduíches, inclusive os que fizeram o sucesso da marca, como o Mumu Chorão (R$ 34,90), hambúrguer com 130 g de carne, 200 g de cebola frita na chapa, maionese, queijo e presunto montado num pão de hambúrguer quadrado de 12 cm.

Tem ainda o Mumu Especial, com hambúrguer, maionese alface, tomate, ovo, bacon, muçarela e presunto; o Piu Piu, com 200 g de peito de frango, alface, tomate, muçarela e presunto; e o Macaquito, versão doce com banana, goiabada, canela e muçarela.

O clássico Mumu Chorão com 130 g de carne e 200 g de cebola na chapa no pão quadrado de 12 cm. Foto: Divulgação.

Para quem não aguenta tanta fartura, a casa serve também o Mumuzinho, o Piu Piuzinho e o Macaquito em versões reduzidas no pão de 9 cm. A única novidade em relação à época é o sanduíche vegetariano que é chamado de Mumu do Futuro. Os preços vão de R$ 15,90 a R$ 35,90.

A logo, com sua estética anos 1970 que traz um velhinho estilizado de cabelo branco e bigode preto – o Seu Billy -, também é a original. Cadu promete uma viagem nostálgica pela gastronomia de rua de Curitiba.

Por enquanto, a Billy vai atender apenas com entregas e sem retirada no balcão, mas Cadu não descarta a possibilidade de abrir no futuro um ponto com atendimento presencial.

Macaquito, sanduíche doce com banana, goiabada, canela e muçarela no pão de 9 cm. Foto: Divulgação.

Serviço

Todos os dias no almoço e jantar. Pedidos pelos aplicativos Rappi e iFood. instagram.com/billysanduiches

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

43 comentários sobre “Após 20 anos, Mumu Chorão e os sanduíches da lanchonete Billy estão de volta

    1. Bom dia aquela foto no começo não é na praça do gaúcho e sim na 29 de março. Eu era amigo do Billy e fui na inauguração.

  1. Que maravilha ! O melhor sanduíche de todos os tempos em Curitiba. O sabor, a qualidade, o jeito de embalar, tudo era único !!

  2. Muito bom!!! Primeiro perto da minha casa na praça do gaúcho, depois na madrugada na 29 de março, um dos melhores senão o melhor que já comi! Muita fartura em um só sanduíche!

  3. Excelente!

    Gostava muito .

    Tinha um na rua XV próximo do Círculo Militar, pouco antes do Teatro Guaíra.

    👏🏻👏🏻✨🍔✨👍🏻

    Este da Fotografia era na Fernando Moreira.

  4. Naquela época não tinha mimimi. Só mumu-chorão 😁. Parabéns, quando for as Curitiba, vou incluir um mumu no programa. 👏👏👏

  5. Viajaram a colocar o mumu chorão a 35 reais. Então um combo com batata e refri sai cinquentão? Tão reiniciando as atividades com o pé esquerdo

  6. Que top, o melhor sanduiche que já comi. Marcou demais as madrugas de Curitiba, não vejo a hora de manda ver um Mumu Especial e um Mumu Chorãol!!!

  7. Caramba. Eu chamava muito. Lembro que vinha numa caixa de isopor branca. Eu lembro de tudo! Dividia com meu cachorro Magoo porque eu tinha uns 12 anos de idade e era comida demais no meio da tarde.

  8. Conheci pessoalmente o Billy, era amigo do meu pai…..
    Me lembro bem da lanchonete de Caiobá e da rua XV.
    Boa sorte para vcs.

    1. O chapeiro “ Baiano “ que trabalhava na 29 de março manjava muito na pilotagem da chapa , vão atrás dele . Hoje ele trabalha na barraca do Claudio na av. Victor F. Do Amaral.
      A lenda.

  9. Melhor sanduíche que já encontrei até hoje. Muitas madrugadas na Praça 29. Já sai de Curitiba hú muito tempo e com bastante frequencia me pego falando do melhor sanduiche que existe para meus amigos, gaúchos, paulistas, catarinenses, cearenses, etc.
    Fique muito feliz com a notícia.
    Começo a organizar uma viagem pra Curitiba hoje mesmo.
    Muito sucesso!

  10. Que alegria, que saudades! Voltei no tempo ! Melhor sanduiche ! Curitiba precisa e merece ter o BILLY novamente. Sucesso com certeza !

  11. Quantas madrugadas… que saudade!!! Que delícia voltar essas maravilhas de sanduíches!! Será que será a mesma chapeira?? Na Rua XV a Táta era uma simpatia e o atendimento impecável!!!

  12. Foi decepcionante! Dos quatro sanduíches pedidos apenas um veio certo….não é barato para receber os sanduíches feitos de forma descuidada. Incluiram outras entregas no trajeto, os sanduíches chegaram gelados. Espero que revejam isso. Não pedirei mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias