Câmara aprova em segundo turno contratação de temporários em Curitiba | Jornal Plural
15 abr 2019 - 11h34

Câmara aprova em segundo turno contratação de temporários em Curitiba

Rafael Greca diz que usará expediente principalmente para preencher vagas na rede de educação

A Câmara de Curitiba aprovou em segundo turno o projeto de Rafael Greca (DEM) que autoriza a contratação se servidores temporários para praticamente todas as áreas da prefeitura. Os funcionários serão contratados via Processo Seletivo Simplificado (PSS).

A votação foi marcada pelo mesmo tom agressivo das duas partes que já tinha ocorrido no primeiro turno. Funcionários públicos e sindicatos faziam protesto na Câmara desde 8h30.

Isso não intimidou os vereadores ligados a Greca, que deram 28 votos a favor da proposta. Por mudar a Lei Orgânica (espécie de Constituição municipal), o projeto precisava do apoio de pelo menos 26 vereadores.

A quantidade de votos aumentou em relação ao placar do primeiro turno porque a líder da oposição, Noêmia Rocha (MDB), se enganou e votou junto com o prefeito. No entanto, o voto dela não faria diferença para a aprovação.

A prefeitura tem dito que usará a contratação de temporários principalmente para preencher vagas na educação. Cálculos do Sismmac, sindicato que representa a categoria, estimam que haja uma defasagem de mil professores na rede municipal.

 

Últimas Notícias