Livro relata história da imigração no Paraná | Plural
16 jun 2019 - 22h56

Livro relata história da imigração no Paraná

“Vindas” retrata a saga de diversas etnias que migraram para o estado

Um livro que recupera fragmentos da história do Paraná, um estado caracterizado pela imigração de quase 30 etnias diferentes. Esta é a proposta de Vindas Memórias de Imigração, publicado pela ABC Projetos e lançado neste mês.

O livro traz à tona histórias e memórias de imigrantes de diferentes etnias que colonizaram a região dos Campos Gerais, entre elas:  alemães,  holandeses, italianos, japoneses, poloneses, russos e ucranianos. ‘Vindas’ é organizado por Alessandra Perrinchelli Bucholdz, Alan Fernando de Almeida, Samara Machado e Diego Antonelli.

A partir de diferentes histórias de vida, o livro conta a saga, as dificuldades e os obstáculos superados pelos imigrantes na região dos Campos Gerais. A obra também explica uma breve história das razões dos processos imigratórios de cada uma dessas sete etnias para o Paraná.

“As narrativas dos imigrantes foram construídas a partir de conversas cheias de indagações e permeadas por lembranças de diversas épocas. Os relatos começam com a chegada das famílias ao país e nos mostram os meios e as formas que utilizaram para se estabelecer e se adaptar, os rumos que tomaram, os caminhos que percorreram e os lugares onde chegaram”, explica Alessandra.

Cada entrevista conta suas vivências sobre a história da colonização do Paraná. Wassilene Lendiuk, Reinder e Janny Barkema, Reiko Sumikawa, Jorge Kalugin, Ernest Milla, Lidovino Mazetto e Miguelito Denkewski, com suas memórias, nos proporcionam um passeio riquíssimo e detalhado a respeito da saga dos imigrantes no estado.

“O Paraná é um dos estados que mais possui etnias diferentes no Brasil. Essa riqueza cultural e étnica é uma característica e uma marca do estado. É preciso conhecer essas histórias para compreendermos as razões que levam Paraná a ser o que é hoje”, ressalta Antonelli.

O livro foi produzido através da Lei Federal de Incentivo à Cultura com o apoio da MacPonta Agro. Todas as escolas da rede pública de ensino da região receberam gratuitamente o livro, como forma de democratização de acesso à cultura.

Assuntos:

Últimas Notícias