Grande Curitiba suspende vacinação por falta de doses | Jornal Plural
5 abr 2021 - 20h22

Grande Curitiba suspende vacinação por falta de doses

Escassez paralisa primeira aplicação em idosos com menos de 67 anos de oito cidades da RMC

Nesta segunda-feira (5), a Prefeitura de Curitiba divulgou em suas redes sociais que estão sendo aplicadas apenas as segundas doses da vacina contra a Covid-19, nos idosos com 78 anos completos. A aplicação da primeira dose foi suspensa, por tempo indeterminado, devido à falta de estoque. Mas esse cenário não se restringe à Capital, municípios da Região Metropolitana de Curitiba RMC) também apresentam escassez do imunizante.

Em São José dos Pinhais, Colombo e Piraquara a vacinação foi totalmente suspensa e aguarda a chegada de novas doses para a divulgação do calendário de imunização.

Curitiba, Pinhais, Araucária, Campina Grande do Sul e Quatro Barras seguem a campanha de vacinação atendendo exclusivamente aos grupos da segunda dose. A primeira foi suspensa quando chegou nos idosos com 67 anos.

Apenas Campo Magro e Campo Largo continuam aplicando a primeira dose, em idosos com 67 anos ou mais e 69 anos ou mais, respectivamente.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) divulgou, na sexta-feira (2), que deu início à distribuição do novo lote de vacinas, enviadas pelo Ministério da Saúde. Foram enviadas 7.839 doses do imunizante Coronavac, que saíram do Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar) para o Aeroporto do Bacacheri, em Curitiba, e foram distribuídas para as 22 Regionais de Saúde do Estado. A RMC recebeu 2,5 mil doses. 

O Plural questionou a Sesa sobre a previsão de uma data para a chegada de mais vacinas naqueles municípios que suspenderam seus cronogramas de imunização, mas até a publicação desta reportagem não houve retorno. 

Segundo a Fiocruz, a previsão de distribuição para os Estados entre 5 e 10 de abril é de dois milhões de doses para todo o Brasil.

Confira a quantidade de doses enviadas para cada Regional de Saúde (RS) do Paraná:

1ª RS – Paranaguá – 187 doses

2ª RS – Metropolitana – 2.585 doses

3ª RS – Ponta Grossa – 483 doses

4ª RS – Irati – 90 doses

5ª RS – Guarapuava – 269 doses

6ª RS – União da Vitória – 95 doses

7ª RS – Pato Branco – 169 doses

8ª RS – Francisco Beltrão – 238 doses

9ª RS – Foz do Iguaçu – 361 doses

10ª RS – Cascavel – 423 doses

11ª RS – Campo Mourão – 211 doses

12ª RS – Umuarama – 180 doses

13ª RS – Cianorte – 96 doses

14ª RS – Paranavaí – 190 doses

15ª RS – Maringá – 534 doses

16ª RS – Apucarana – 265 doses

17ª RS – Londrina – 641 doses

18ª RS – Cornélio Procópio – 167 doses

19ª RS – Jacarezinho – 194 doses

20ª RS – Toledo – 277 doses

21ª RS – Telêmaco Borba – 91 doses

22ª RS – Ivaiporã – 85 doses

TOTAL –  7.839 doses

Colaborou: Mayala Fernandes

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Um comentário sobre “Grande Curitiba suspende vacinação por falta de doses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias