Comunidade escolar aprova militarização de 186 colégios; processo é contestado | Jornal Plural
Clube Kotter
5 nov 2020 - 11h39

Comunidade escolar aprova militarização de 186 colégios; processo é contestado

Em 25 casos, pais preferiram manter o modelo atual de ensino

Das 216 escolas que o governo do Paraná selecionou para transformar em colégios cívico-militares, 186 aprovaram a proposta. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (5) pela Secretaria de Educação. Isso significa que em 86% a comunidade escolas aprovou a ideia.

Em outros 25 casos (12%), a comunidade escolar rejeitou a ideia da militarização, preferindo manter o atual modelo. E em cinco escolas (2%) não foi atingido o quórum necessário para uma decisão.

Em Curitiba, a militarização foi aprovada em 14 das 22 consultadas. Em seis delas, a proposta do governo foi rejeitada; em outras duas, não houve quórum para o referendo. Veja a lista completa.

Leia mais: Militar a escola? Melhor educar a PM

O governador Ratinho Jr. (PSD) fez a consulta em 10% das escolas estaduais. A ideia é colocar policiais militares aposentados na gestão das escolas, para supostamente melhorar a qualidade dos estabelecimentos e dar mais segurança.

O governo pretende implantar o novo modelo nas escolas que aceitaram já em fevereiro de 2021, na volta para o próximo ano letivo. No entanto, a ideia enfrenta resistências tanto dentro quanto fora dos colégios.

Professores, com apoio da APP-Sindicato, estão fazendo manifestações contra o novo modelo. Além disso, o Ministério Público também já se manifestou dizendo ver irregularidades no processo e pedindo a suspensão da consulta à comunidade – a promotora diz haver suspeitas que que tudo foi apressado por motivações políticas.

Veja a lista completa com as escola que se tornarão cívico-militares.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

2 comentários sobre “Comunidade escolar aprova militarização de 186 colégios; processo é contestado

  1. Ratinho Junior, o governador que entrará para a historia como o governador mais irresponsável do estado. Vai virar um Alvaro Dias da vida, uma pena, mas aqui se faz, aqui se paga e 4 anos passa rapidinho.

  2. Por que pressupor que militares nas escolas melhorarao a qualidade do ensino? Nao faz sentido. A nao ser na cabeça da populaçao ultraconservadora que tem tesao pelo Estado policialesco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Detrator número 41

Ao elaborar o “Mapa de Influenciadores”, uma lista esdrúxula como essa, o governo mostra que não precisa de uma relação de detratores. Ele sabe fazer isso muito bem sozinho

Benett