Bolsonaro fala em ajudar a reabrir Estrada do Colono | Jornal Plural
15 mar 2021 - 15h15

Bolsonaro fala em ajudar a reabrir Estrada do Colono

Presidente procura diretor da Itaipu para atender pedido de deputado Vermelho, do Paraná

O deputado federal Vermelho (PSD-PR) se encontrou com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para tratar de supostas demandas do estado do Paraná, principalmente em Foz do Iguaçu. Em vídeo divulgado pela assessoria do parlamentar, Bolsonaro diz ter conversado com o presidente da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, para tratar da “Estrada Parque”.

A Estrada à qual Bolsonaro se referia é a antiga estrada do Colono, fechada em 1986 por decisão judicial já transitada em julgado no Superior Tribunal de Justiça (STJ) desde 2001. Ou seja, que não cabe mais recursos. Trata-se de uma faixa de florestas com aproximadamente 18 km de extensão por seis metros de largura, no trecho mais importante para preservação do Parque Nacional do Iguaçu.

Vermelho tem um projeto de lei que pretende criar uma nova modalidade de unidade de conservação, a Estrada-Parque, começando pela estrada do colono. Ocorre que o projeto começa ilegal, uma vez que o projeto já está transitado em julgado.

Estrago

A reabertura dessa estrada coloca em risco a maior área de Mata Atlântica de interior que ainda existe no Brasil. O Parque Nacional do Iguaçu tem 185 mil hectares, abriga 550 espécies de aves, dezenas de répteis e mais de 120 mamíferos. É o único refúgio preservado da onça-pintada no sul do país.

Além disso, caso avancem as discussões para a reabertura da estrada, a Unesco já alertou o país que pode tirar o título de Patrimônio Natural da Humanidade do parque. Esse título foi concedido em 1986.

A usina de Itaipu, presidida pelo general que foi contatado pelo presidente Bolsonaro, demonstra ter uma preocupação com sua imagem quando o assunto é proteção ambiental. E atender ao pleito do presidente e do deputado Vermelho, portanto, jogaria contra tal imagem. Em janeiro deste ano, inclusive, Joaquim Silva e Luna fez um tour pela área do parque, ressaltando os projetos da empresa bi-nacional para a área. A empresa também orgulha-se em seus textos de ajudar a preservar mais de 100 mil hectares de áreas protegidas e se coloca como responsável por 30% da regeneração da Mata Atlântica observada no Paraná nos últimos 30 anos.

Investigação

A família de Vermelho atua no ramo da mineração, concreto, pavimentação e construção pesada. O clã é proprietário, inclusive, da Construtora Coguetto Maria, cujos negócios são realizados justamente na região onde o parlamentar pretende autorizar a reabertura da estrada do colono.

Ele e o filho, inclusive, foram denunciados por usurpação de função pública pelo Ministério Público Federal dentro da denominada Operação Pecúlio, que investiga supostos pagamentos em uma prática conhecida como “mensalinho” a servidores e políticos na gestão do então prefeito de Foz do Iguaçu, Reni Pereira. Em 2017, o juiz federal Pedro Carvalho Aguirre Filho, da 3ª Vara Federal de Foz do Iguaçu, absolveu a dupla alegando “provas insuficientes”. Mas o MPF recorreu da sentença ao TRF4 em 2018. Mas ainda não há nova decisão.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Um comentário sobre “Bolsonaro fala em ajudar a reabrir Estrada do Colono

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias