Ratinho em rota de colisão com o funcionalismo | Plural
4 set 2019 - 23h31

Ratinho em rota de colisão com o funcionalismo

Anúncios do governador colocam funcionalismo em pé de guerra. Fim da licença-prêmio, eleição para diretores e concurso público levam a novo tensionamento

O governador Ratinho Jr. (PSD) e o funcionalismo público voltaram a entrar em rota de colisão neste início de setembro. Um conjunto de medidas anunciadas pelo Palácio Iguaçu acirrou os ânimos nos sindicatos, que novamente acusam o governo de ser autoritário e não negociar.

Em apenas uma semana, foram três motivos de choque. Primeiro, Ratinho anunciou que pretende extinguir as licenças-prêmio dos servidores do estado. Depois, avisou que as eleições para a direção das escolas está adiada para 2020, contrariando promessa anterior.

Por fim, o concurso anunciado para a área de segurança ignorou os problemas dos agentes carcerários, que há tempos passam por condições degradantes de trabalho. O Plural fala mais sobre estes três temas e sobre o que vem por aí nas negociações sobre eles.

Leia mais:

Sindicatos se preparam para batalha por licença-prêmio

Concurso deixa cadeias de lado e agentes se revolta

Adiamento de eleições nas escolas contraria acordo

Últimas Notícias