Luciana Carneiro de Lara é empossada desembargadora do Tribunal de Justiça

Nomeação foi feita por Ratinho Jr. após mobilização de mulheres por presença feminina no judiciário

Nesta terça-feira (03) tomou posse como desembargadora do Tribunal de Justiça a advogada Luciana Carneiro de Lara. Ela assume a vaga da ex-desembargadora Regina Afonso Portes. A nomeação de Lara aconteceu no mês passado, por Ratinho Jr. (PSD), e contou com mobilização de mulheres pela presença feminina no Judiciário.

A nomeação da desembargadora dialoga com o dispositivo conhecido como “quinto constitucional”, que prevê vagas em Tribunais de Justiça dos Estados destinados a advogados com “notório saber jurídico” e não apenas a juízes de carreira.

A desembargadora foi indicada em uma lista tríplice da Seção do Paraná da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e liderou a votação com 106 apoios. Lara é graduada, pós-graduada e mestra pela PUCPR e foi professora da UniCuritiba, além de atuar na OAB.

Leia também: Lula não instituiu banheiro unissex nas escolas; resolução de conselho não é impositiva

Com a posse formalizada, agora o TJ passa a ter 23 mulheres entre os 128 cargos de desembargadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Plural se reserva o direito de não publicar comentários de baixo calão, que agridam a honra das pessoas ou que não respeitem níveis mínimos de civilidade. Os comentários são moderados por pessoas e não são publicados imediatamente.

Rolar para cima