Aumento do IPTU em Curitiba é aprovado. Veja como votou cada vereador

Proposta do prefeito Rafael Greca passou sem dificuldades e deve ser sancionada nesta semana

Assim como ocorreu no primeiro turno, nesta terça-feira (6), a maioria dos vereadores de Curitiba votou favoravelmente ao projeto de revisão da Planta Genérica de Valores (PGV) dos imóveis, o que, na prática, vai aumentar o IPTU do curitibano.

Dos 36 vereadores presentes em plenário, 21 votaram favoráveis ao projeto, que embora tenha sofrido modificações, é de interesse do prefeito Rafael Greca (PSD), que mantém base fiel na Casa.

O projeto aprovado é assinado pelos vereadores Alexandre Leprevost (Solidariedade), Beto Moraes (PSD), Herivelto Oliveira (Cidadania), Hernani (PSB), Jornalista Márcio Barros (PSD), Marcelo Fachinello (PSC), Mauro Bobato (Pode), Nori Seto (PP), Oscalino do Povo (PP), Osias Moraes (Republicanos), Pastor Marciano Alves (Solidariedade), Sargento Tania Guerreiro (União), Serginho do Posto (União), Sidnei Toaldo (Patriota), Leonidas Dias (Solidariedade), além líder do prefeito, Pier Petruzziello (PP).

Apesar da mobilização de alguns setores imobiliários e comercial, o texto foi aprovado sem dificuldade e deve ser sancionado ainda nesta semana.

O projeto prevê aumento na faixa de isenção da cobrança de IPTU, que hoje é de R$ 142 mil e para R$ 232 mil. A alíquota máxima residencial, que hoje é de 1,1%, ficou em 0,65% no substitutivo geral.

O contribuinte deve receber os boletos com valores atualizados no início do ano e pode pagar em dez vezes, de março a dezembro. Para aqueles que tiverem condições de pagar à vista, haverá 10% de desconto.

Votaram a favor do aumento

Alexandre Leprevost (SD)

Beto Moraes (PSD)

Ezequias Barros (PMB)

Herivelto Oliveira (Cidadania)

Hernani (PSB)

João da 5 Irmãos (União)

Jornalista Marcio Barros (PSD)

Leônidas Dias (SD)

Marcelo Fachinello (PSC)

Mauro Bobato (Podemos)

Mauro Ignácio (União)

Nori Seto (PP)

Oscalino do Povo (PP)

Osias Moraes (Republicanos)

Pastor Marciano (SD)

Pier Petruzziello (PP)

Sabino Picolo (União)

Sargento Tânia Guerreiro (União) | *ausente no segundo turno

Serginho do Posto (União)

Sidnei Toaldo (Patriota)

Tico Kuzma (Pros)

Tito Zeglin (PDT)

Zezinho Sabará (União)

Votaram contra o aumento

Amália Tortato (Novo)

Carol Dartora (PT) | *ausente no primeiro turno

Dalton Borba (PDT)

Denian Couto (Podemos)

Eder Borges (PP)

Flávia Francischini (União)

Marcos Vieira (PDT)

Maria Letícia (PV)

Noêmia Rocha (MDB)

Pastor Marciano Alves (SD) | *votou favorável no primeiro turno

Professor Euler (MDB)

Professora Josete (PT)

Renato Freitas (PT)

Rodrigo Marcial (Novo)

Salles do Fazendinha (DC)

Sobre o/a autor/a

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Plural se reserva o direito de não publicar comentários de baixo calão, que agridam a honra das pessoas ou que não respeitem níveis mínimos de civilidade. Os comentários são moderados por pessoas e não são publicados imediatamente.

Rolar para cima