8 maio 2022 - 13h10

Vinho combina com rock’n’roll? Wine bar em Curitiba faz degustação musical

Vino! Cabral faz harmonização de quatro rótulos com canções escolhidas pelo músico Rodrigo Florenzano

Vinho combina com rock’n’roll? Esta pergunta será respondida na próxima quarta-feira (11) no Vino! Cabral, em Curitiba, durante uma degustação acompanhada de músicas.

O evento começa às 19h30 e vai contar o serviço de quatro vinhos, três tintos e um branco, comandado pelo enófilo e proprietário do Grupo Vino!, Raphael Zanette, e participação do músico Rodrigo Florenzano. O custo é de R$ 89 por pessoa.

“Assim como a música, o vinho toca a alma, e a associação entre os dois universos altera a percepção tanto de um como o outro”, explica Zanette.

A degustação será às cegas, ou seja, sem que o público conheça os rótulos previamente. Os vinhos serão revelados conforme a música é escutada. Enquanto isso, Zanette e Florenzano vão apontar a relação entre o conteúdo das garrafas e das caixas de som.

“Procuramos selecionar vinhos e músicas que se conectam de alguma forma. Não tanto pelo lado que seria mais óbvio, que é o país de origem, mas sim pelas suas histórias e características, como intensidade e equilíbrio”, adianta Zanette. “Não se trata de uma degustação às cegas, pois não tem a comparação mais técnica que estas exigem. O que propomos é uma experiência leve, divertida e descontraída”.

Rodrigo Florenzano, que tem mais de 35 anos dedicados à música, é cantor, compositor e guitarrista, além de empresário, sua atividade principal. Também é um apaixonado por vinhos e amigo de longa data de Zanette.

Para o evento, ele selecionou a trilha sonora que será tocada no sistema de som do wine bar – não vai tocar ao vivo, portanto – e participará da conversa com sua vasta bagagem musical. “No vinho e na música, geralmente nós escolhemos o que vamos consumir conforme o que sentimos no momento. Então as duas coisas tem tudo a ver”.

O primeiro encontro dos dois em torno deste tema ocorreu no podcast de gastronomia do Plural, Os Gastronautas, do qual Zanette é um dos idealizadores e apresentadores.

Para acompanhar, a cozinha da casa tem entradas, petiscos e pratos completos de inspiração italiana, como burrata cremosa, crostinis, arancinis, risotos e massas. A gastronomia não está incluída no valor da degustação e os pedidos poderão ser feitos à la carte.

Serviço

Rua Clóvis Beviláqua, 321 (junto ao C’est Si Bon Café e Empório). Reservas: (41) 99294-1124. Instagram: @vino.cabral

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Deixe um comentário

Últimas Notícias

Vídeo que cita falhas já corrigidas nas urnas volta a circular fora de contexto

É enganoso um vídeo que circula sem contexto e mostra uma fala feita em 2018, no Supremo Tribunal Federal (STF), pelo advogado do Sindicato Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF Sindical) Alberto Emanuel Albertin Malta, sobre a impressão de comprovantes de votação. No discurso, o representante da entidade fala sobre falhas encontradas nas urnas eletrônicas que já foram corrigidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) antes de junho de 2018, quando a declaração foi repercutida. Essa informação não consta, no entanto, no vídeo investigado. O conteúdo voltou a circular em meio à aproximação do processo eleitoral de 2022

Projeto Comprova

Fies foi criado no governo de FHC, não na gestão Lula

É enganosa a publicação no Twitter da ex-participante do Big Brother Brasil (BBB22) Jessi Alves, que diz que o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criou o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), programa que financia graduação em faculdade particular no Brasil. Lula expandiu o acesso ao programa, mas não o criou. A iniciativa surgiu ainda na gestão do presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC), em 1999, após o fim do Crédito Educativo (Creduc), programa similar criado em 1975, durante o governo de Ernesto Geisel

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds