Mercado Bolsocaro: ferramenta mostra aumento de preços em Curitiba
13 out 2021 - 18h08

Mercado Bolsocaro: Plural lança ferramenta interativa que mostra aumento de preços em Curitiba

Está no ar o Mercado Bolsocaro, uma ferramenta criada pelo Jornal Plural para mostrar o aumento de preços nos supermercados de Curitiba entre 2018, antes…

Está no ar o Mercado Bolsocaro, uma ferramenta criada pelo Jornal Plural para mostrar o aumento de preços nos supermercados de Curitiba entre 2018, antes de Jair Bolsonaro tomar posse como presidente, e agora. A ferramenta possibilita uma comparação detalhada, produto a produto, com preços reais praticados em supermercados de Curitiba.

ENTRE AQUI NO SUPERMERCADO BOLSOCARO

A plataforma Bolsocaro usa dados do programa “Disque Economia”, da prefeitura de Curitiba, que coleta regularmente o preço de 302 itens de 14 supermercados da cidade. A lista dos itens pesquisados é composta por gêneros alimentícios como hortifrutigranjeiros, bebidas, massas, carnes e ainda material de higiene e limpeza, levando em conta quantidades e marcas. Como há diferenças entre as bases publicadas em 2018 e as de agora, não são todos os 302 produtos que estão disponíveis em nosso sistema.

Para eliminar disparidades entre os preços coletados em diferentes estabelecimentos, trabalhamos com preços uniformizados – ou preços médios, ou os mais baratos, de acordo com os dados disponíveis.

A parte mais legal do Mercado Bolsocaro é que cada usuário pode encher seu próprio carrinho com os produtos que costuma comprar. Assim, é possível saber o peso do aumento de preços no bolso de cada um.

E como ninguém gosta de passar raiva sozinho, a ferramenta ainda te dá uma nota do seu carrinho, comparando os preços para você compartilhar no Whatsapp e nas redes sociais, como nas imagens abaixo.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

10 comentários sobre “Mercado Bolsocaro: Plural lança ferramenta interativa que mostra aumento de preços em Curitiba

  1. É triste ver a que ponto chega o jornalismo militante. Não se pode comparar o panorama de 2021 com o de 2018, entre esses dois marcos houve uma pandemia com repercussão mundial. Commodities, energia, recessão decorrente do covid e mais um sem-número de fatores detonaram a economia em diversas nações. O mundo inteiro está numa situação difícil (menos o país que exportou o vírus) e, no Brasil, os obcecados esquerdistas querem fazer de conta que o único responsável pela crise é o presidente da república. Que tal deixar de torcer pelo “quanto pior, melhor” e fazer alguma coisa útil pela sociedade e pela pátria? Afinal de contas, estamos todos no mesmo barco, não é mesmo?

  2. Pois é o fica em casa do Prefeito Grega e do Governador Ratinho, agora está cobrando. Se tivessem deixado o Presidente tomar as rédeas da pandemia, o Brasil estaria bem melhor. E não adianta dizer que estaria pior, pois não temos como saber não é……

  3. Enquanto o genocida estiver sentado naquela cadeira os preços continuarão subindo, se pelo menos ele não fizesse nada, mas pelo contrário, ele destrói o país, promove a morte, a fome e enriquece uns poucos ricos.

  4. O próximo passo é fazer um apanhado e um estudo pra saber se todos os produtos cresceram de preço numa proporção parecida ou se alguns produtos ficaram muito mais caro que outros e o porquê

  5. Acho cômico os apoiadores da milícia falarem que a culpa é da pandemia, que se tivessem seguido o presidente iria estar tudo melhor

    No meu caso, eu sai do Brasil antes disso tudo acontecer e para surpresa de vós, cá os preços nao subiram, na realidade até cairam dependendo dos produtos de consumo básico, pois houveram incentivos do governo. E então como me explica isso? Só há uma resposta, incompetência do governo federal.

    1. Nao seja mentiroso, Alexandre. Moro em Portugal e tudo aqui esta muito mais caro.
      Se alguem quer desmascarar esse mentiroso, é so acessar o jornal “publico” ou o noticia ao minuto e ver a realidade. Ou assistir jornal na tv, como o sic noticias ou o cmtv
      As pessoas tem acesso a informacao, Alexandre. So gente ignorante acredita nessas mentiras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias