Ocupação de UTIs: 67,4% em Curitiba, 72% na RMC | Jornal Plural
Clube Kotter
2 jul 2020 - 19h02

Ocupação de UTIs: 67,4% em Curitiba, 72% na RMC

Ocupação de leitos se mantém estável na Capital e na Região Metropolitana

Três dos 10 principais hospital de Curitiba tem ocupação acima de 85%

Curitiba começou julho com 335 (67,4%) dos 497 leitos de UTI Adulto e Pediátrica em uso. Na Região Metropolitana (RMC), 641 (72%) dos 890 leitos estão ocupados. O cálculo é feito pelo Plural com base nas vagas disponíveis e em uso, tanto de UTIs de uso geral quanto as exclusivas para Covid-19 informadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Os dados mostram que nos últimos três dias a taxa de ocupação dos leitos está estável nas duas regiões.

A situação é mais grave nas unidades exclusivas Covid-19, que têm 78,6% de ocupação em Curitiba e 81% na RMC. Na Capital, apenas 53 leitos Covid-19 estão desocupados. Nos últimos três dias, a cidade manteve a ocupação na casa dos 79%, mas ativou doze unidades a mais.

Entre os hospitais, o de Reabilitação, que tem 52 UTIs, está com maior índice de ocupação entre as dez principais instituições de Curitiba: 90%. Os Hospitais do Trabalhador e Evangélico estão 86% de todos os leitos ocupados, e com ocupação de 90% e 72%, respectivamente, de leitos Covid-19.

Na RMC, o Hospital do Rocio, em Campo Largo, que tem 211 leitos de UTI , está 154 ocupados (73%). Entre os leitos exclusivos Covid-19, a ocupação é de 91%.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias