Curitiba: Total de internados por Covid-19 em maio é quase o dobro de fevereiro | Jornal Plural
4 maio 2021 - 23h02

Curitiba: Total de internados por Covid-19 em maio é quase o dobro de fevereiro

Número de pacientes internados em leitos de hospital com Covid-19 foi de 641 para 1199

Curitiba vive um momento de calmaria na pandemia de Covid-19. O número de novos casos caiu, o de óbitos também. E a ocupação real de leitos exclusivos para Covid-19 na cidade está em 94%. Mas é uma falsa melhora. Na primeira quinzena de fevereiro, antes da escalada dos casos que culminou com bandeira vermelha em março, a cidade tinha em média 641 pessoas internadas em UTIs e enfermarias do SUS com Covid ou suspeita da doença, ou aguardando leito. Esta semana, são 1199 pessoas em média na mesma situação todos os dias, um número 87% maior.

O número de leitos hospitalares ainda livres também é bem menor. Eram, em média, 254 leitos em fevereiro e agora são 60.

A situação só está melhor em relação a onda de casos que atingiu a cidade em março. E porque a cidade só fechou 136 dos 486 leitos ativados entre fevereiro e março. É uma estratégia cara e pouco eficiente de conter o vírus. Em 2020, segundo dados do Datasus, a média de custo de internações no SUS de Curitiba subiu 34% em relação a 2019.

Se compararmos o mês de dezembro de 2020 com dezembro de 2019, o custo médio das internações subiu 53% em 12 meses. Isso implicou em R$ 9,6 milhões a mais em gastos do SUS na cidade apesar do número total de internações ter caído 9% no mesmo período.

Sem conter a transmissão do vírus, a cidade também paga um alto preço em vidas humanas. Morreram 950 pessoas a mais em março e abril em relação a janeiro e fevereiro deste ano, a maior parte em março. Mas mesmo em abril, quando os casos começaram a cair, foram registrados 657 óbitos de pessoas por Covid-19, o dobro das mortes pela mesma causa na cidade em fevereiro.

Se tivesse conseguido conter a transmissão, essas pessoas poderiam estar vivas. Em algumas faixas etárias o número de óbitos chegou a ser sete vezes maior em março do que em janeiro e fevereiro.

Paraná

Em todo estado do Paraná a situação permanece igualmente preocupante. O número médio de pessoas com Covid-19 internadas em leitos de UTI e enfermaria SUS no estado aumentou de 2340 na primeira quinzena de fevereiro para 3920 nos últimos 15 dias, um crescimento de 68%.

Atualmente a ocupação real dos leitos exclusivos Covid-19 no Paraná é de 91%. O estado abriu 1725 novos leitos no período. Só 121 foram encerrados nas últimas semanas, de forma que hoje o estado tem só para Covid-19 4593 leitos de UTI e enfermaria. No estado também houve aumento no custo médio por internação, de 13% em 2020 em relação a 2019 e 25% de dezembro de 2020 em relação a dezembro de 2019.

O Paraná teve um custo, no SUS, de R$ 2 milhões a mais com internações em dezembro de 2020 em relação ao mesmo mês em 2019 apesar de ter internado 19% menos no período.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Um comentário sobre “Curitiba: Total de internados por Covid-19 em maio é quase o dobro de fevereiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias